Tamanho do texto

É difícil resistir a uma porção de batata frita, mas nem sempre a receita sai como o planejado. Não se preocupe, vamos te ajudar a não errar mais

Não há como negar que esse prato é querido por muitas pessoas ao redor do mundo, mas nem sempre prepará-lo é fácil. A missão do iG Receitas às quintas-feiras é apresentar dicas para não errar ao fazer pratos simples do dia a dia e ajudar em tudo o que for possível, por isso, hoje vamos ensinar como fazer batata frita sequinha e crocante.

Leia também: Chef dá 3 dicas de como fazer purê de batata simples e cremoso

saiba como fazer batata frita sequinha e crocante arrow-options
shutterstock
Vai uma porção de batata frita com queijo e bacon? Confira as dicas para deixar o alimento crocante e sequinho



A chef Nana Oliveira é quem ensina o passo a passo primordial de como fazer batata frita  sequinha e crocante. A primeira etapa consiste em lavar as batatas e depois cortá-las. Após isso, ela recomenda lavar o legume novamente e deixar de molho em água e álcool por 30 minutos: "50 ml de álcool para um litro de água", indica.

A próxima etapa é secar as batatas com pano de louça e, a seguir, fritar o alimento a 180°C ou em fogo médio, até que ele fique crocante. Depois, basta escorrer o óleo ao secar com papel toalha e temperar com sal a gosto.

Melhor batata para fritar

batata frita arrow-options
shutterstock
A chef indica que o melhor tipo de batata para fritar é a asterix, também conhecida como batata rosa


Nana enfatiza a necessidade de escolher as melhores batatas para o preparo sair como o planejado. "É importante que elas estejam bem durinhas e com a casca bem lisinha, essas são as mais frescas. Batata velha é mais difícil de ficar crocante", explica a chef.

Além disso, é fundamental se atentar para o tipo de legume a ser consumido. "As batatas asterix, ou também chamada de batata rosa, são as melhores, pois têm menos água e mais amido, ficando mais sequinha no processo", diz ela. "O erro mais cometido é usar a batata inglesa. Ela tem muita água e não fica totalmente crocante", complementa.

Colocar as batatas no gelo é eficaz?

É comum ver sugestões na internet que apontem o "choque térmico" como alternativa para o prato ficar perfeito e, nesse caso, ferve-se a batata e depois a coloca em uma vasilha com gelo. A chef conta que não é necessário tudo isso.

"O choque térmico , sim, ajuda a deixar mais crocante. Costumamos ferver antes ou 'encalar' (dar uma leve fervura) na gordura antes de fritar, para a batata não escurecer. Não é necessário deixar no gelo pra deixar crocante. Se colocar na temperatura correta no óleo e fizer os outros passos, funcionará também", esclarece.

Nana também ensina um modo para saber o momento correto de colocar as batatas para fritar. "O truque clássico é do palito de fósforo. Quando acender, está pronto. Eu costumo usar o termômetro nos 180 graus ou colocar uma batatinha antes pra testar", conta.

Fritar na AirFryer ou no óleo?

batata frita arrow-options
shutterstock
Quando a batata é industrializada, a AirFryer não é muito eficaz para reduzir a gordura presente no alimento


O modo de finalizar o preparo, de acordo com a chef, fica a critério de cada um. "Eu amo batata frita em banha de porco, tem gosto de bacon sem o bacon! Mas fica bom no óleo, na gordura de coco. Existe uma infinidade de possibilidades", comenta.

Contudo, isso não se aplica à batata industrializada. "A batata industrializada já é pré-frita na gordura vegetal, então mesmo que você faça na AirFryer, ela está com a gordura da primeira fritura. A feita a partir do legume você tem a possibilidade de escolher a cocção", explica Nana Oliveira.

Leia também: No forno, na frigideira ou na salada! 7 receitas com batata para se deliciar

A batata precisa respirar

batata frita precisa de oxigênio para ficar sequinha arrow-options
shutterstock
Lembre-se que a batata, após ser frita, precisa de oxigênio para ficar bem sequinha e saborosa


Para finalizar as dicas de como fazer batata frita , Nana destaca que a iguaria precisa de oxigênio para ficar sequinha e crocante. "Depois de tirar da frigideira, não abafe as batatas. Se tiver uma grade ou cestinha para ela pegar oxigênio depois de tirar da fritadeira, vai manter mais sequinha", completa.

Versátil, o prato pode ser cortado no formato de chips, palito ou rústica, e geralmente acompanha lanches, peixes e outras proteínas – como o clássico prato britânico fish and chips , e até brilha sozinho em porções, que em alguns casos inclui cheddar e bacon.

    Leia tudo sobre: receitas