peixe
Guia da Cozinha
peixe

Tradicionalmente, a semana santa é um período onde muitas famílias brasileiras passam a consumir mais peixe . Com isso as opções de compra do alimento também crescem, mas com tanta variedade de peixes como escolher o certo? A chef e ex feirante Miriam Macatti dá algumas dicas. Veja a seguir.

1) Peixes frescos

Quando vendido fresco, o peixe não pode apresentar nenhuma sujeira que indique má higiene em sua manipulação, como areia ou plástico. Além disso, deve estar armazenado em ambientes bem refrigerados; verifique a cor e o aroma do gelo em que está depositado: deve estar sem cheiro e incolor.

2) O visual do peixe

O peixe não pode apresentar perfurações, suas escamas devem estar transparentes, firmes e resistentes. Quanto aos olhos, devem estar perfeitos: brilhantes e grandes. E, na hora de pensar em como escolher peixe, lembre-se das guelras: se estiverem amareladas e com muco, demonstram que o peixe não é fresco. Procure pelos peixes em que as guelras são vermelhas, brilhantes e sem muco.

3) Odor

Peixe tem cheiro de peixe. É o único odor que deve apresentar. Caso tenha algo que faça você descofiar que ele está passado, melhor escolher outro.

4) Bacalhau

Ao escolher o bacalhau embalado deve-se checar o prazo de validade, país de origem, importador e selo de inspeção federal no seu rótulo.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários