O ancho é um corte tradicional argentino
Reprodução/Churrasqueadas
O ancho é um corte tradicional argentino


Churrasco  é bom de todo jeito e toda receita nova é bem-vinda. Hoje os chefs José Almiro, do Churrasqueadas e Melchior Neto, ensinam tudo o que você precisa saber para mandar bem no churrasco argentino e saborear assados diferentes e saborosos. 






Melhores carnes para o churrasco argentino

Os chefs explicam que o bife de chorizo, ancho, ojo de bife, assado de tiras, tapa de quadril e vacío são os melhores cortes para preparar um autêntico churrasco argentino. Além deles, também podem ser usadas a fraldinha e filé mignon.

José Almiro conta que os argentinos também optam por outras carnes menos usadas por aqui. “Eles costumam comer outras partes do boi menos comuns aqui no Brasil, como o achurras, que são os miúdos do boi, os chinchulines que é o intestino delgado e molleja que é a glândula da garganta.” diz.

Como preparar a carne no churrasco argentino

Quando se trata do preparo, uma dica preciosa é levar a carne em temperatura ambiente para a grelha. “Se estiver gelada ou muito fria, vai ser difícil dar o ponto desejado. Outro detalhe é salgar no momento que for grelhar. Caso coloque sal com muita antecedência ela pode desidratar e salgar demais.” diz José Almiro. Melchior Neto indica temperar as carnes com sal de parrilla , que é um meio termo entre sal fino e grosso. 

O ancho é um corte tradicional argentino
Churrasqueada
O ancho é um corte tradicional argentino



O tempo de preparo depende muito da altura e do ponto que desejar da carne. Segundo os chefs, o recomendado é usar as mais baixas, para não correr o risco de queimar. Os chefs também indicam comer ao ponto para mal ou até mesmo mal passada. Para os bifes, prefira os de pelo menos 3 cm de altura, selados no braseiro forte.

Para dar mais sabor ao seu churrasco argentino, os hermanos gostam de dispensar a cerveja e dar preferência ao vinho, pois harmoniza muito bem  com os cortes tradicionais do país. 

Não tem como falar de churrasco argentino e não incluir o chimichurri. O molho é tradicional no país e leva várias ervas, regadas no azeite e vinagre. Além deles, você também pode incluir batatas, legumes grelhados e queijo. “A provoleta é uma peça de provolone temperada e assada, também é uma opção querida pelos hermanos.” diz Melchior Neto.

Agora que você já sabe como fazer, confira as receitas para fazer um churrasco argentino de respeito.

Você viu?

Bife Ancho com Chimichurri (por José Almiro)

O bife ancho é muito tradicional na Argentina. É um corte com mais marmoreio que o chorizo, que tem a sua gordura na parte superior. Esse corte é tradicionalmente feito na parrilla, uma churrasqueira típica na Argentina e Uruguai. 

INGREDIENTES 

  • 4 bifes anchos 
  • Azeite
  • Pimenta-do-reino
  • Sal de parrilla
  • Molho chimichurri
  • ½ maço de salsa bem picado
  • 2 colheres (sopa) de orégano fresco bem picado
  • ½ xícara de cebolinha bem picada
  • 1 pimenta pequena sem semente picada
  • 2 colheres (sopa) de vinagre de vinho tinto
  • 1 colher (sopa) de suco fresco de limão
  • ½ xícara de azeite
  • Sal e pimenta-do-reino a gosto

MODO DE PREPARO

Passe um fio de azeite nos filés dos dois lados, uma pitada de pimenta-do-reino e sal de parrilla. Leve à grelha para assar no braseiro forte. Uma dica: coloque ao lado do filé um pouco de lenha frutífera para ir queimando e dando um sabor especial.  Para o chimichurri, misture todos os ingredientes em uma vasilha e está pronto para servir. 

Bife de chorizo


O chorizo é retirado do miolo do contra-filé, muito saboroso e suculento. Confira esta receita do Homens Gourmet. 


INGREDIENTES

  • 500g bife de chorizo
  • 80g sal de parrilla    

MODO DE PREPARO

Salgue o bife de chorizo com sal grosso. Sele bem e termine de cozinhar, deixando no ponto desejado. Fácil, né? Se quiser, acrescente chimichurri e se delicie. 


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários