carvão
Reprodução/Pixabay
O carvão influencia no churrasco


No churrasco, todo detalhe é essencial para a deixá-lo ainda mais gostoso, do mesmo modo que um passo em falso pode acabar  arruinando a carne . Do do sal grosso  ao carvão, cada etapa conta para fazer do seu churrasco um sucesso. 


Apesar de muita gente achar que o carvão não faz diferença do churrasco, ele influencia - e muito - no resultado do churrasco. Por isso, conversamos com Larissa Morales, do canal Larica na Brasa e o churrasqueiro José Almiro do churrasqueadas para entender melhor o uso do carvão.

Quais os tipos de carvão?

Há diversos tipos, mas os mais disponíveis no mercado são apenas dois. "Pro churrasco encontramos mais facilmente no mercado 2 tipos de carvão: briquetes e carvão vegetal", afirma Larissa.

Os briquetes são blocos compactos de carvão, com formato cilíndrico e composto por resíduos de madeiras, pó de serra, carvão ou outros resíduos. Já o carvão vegetal é o mais famoso: feito com madeira de eucalipto ou outras árvores em lascas feitas de lenha.

Na hora de escolher, José Almiro indica cautela. "É recomendável comprar um carvão com registro em órgãos ambientais. Para saber se o carvão é de qualidade, deixe cair no chão, e ele deve ter som semelhante ao de um vidro. Se tiver muita dificuldade em acendê-lo, deve ser um carvão úmido. Ele não deve soltar muita fumaça. Caso haja fumaça, não foi muito bem produzido", afirma.

A fumaça do carvão pode afetar a saúde?

Segundo José Almiro, se você escolher um bom carvão, não terá nenhum problema. "Um bom carvão não faz fumaça, ele traz calor. A gordura que cai sobre a brasa que pode fazer fumaça. A utilização de madeiras com algum tipo de resina, como verniz, pode gerar fumaça que pode causar danos à saúde", aponta.

Como acender a churrasqueira?

Há diversas formas de acender a churrasqueira, com óleo, álcool ou até acendedores elétricos. Mas uma coisa é certa: tente evitar ao máximo o fogo alto, o ideal é ter brasa. "É inevitável criar labaredas quando acendemos a churrasqueira, por isso, quando acendemos com acendedor de churrasqueira as labaredas são menores", afirma Larissa.

Além do acendedor, José Almiro indica utilizar álcool em gel. "Eu sempre recomendo a utilização de álcool em gel, pois não contamina a churrasqueira e não tem riscos de explosão. Coloque um pouco de álcool em gel no meio da churrasqueira e depois o carvão em volta como uma cabana. Deixe por 30 minutos e a brasa já vai estar pronta para o churrasco", diz.

Para dar um sabor diferente, o que utilizar?

Além de um carvão de qualidade, você pode fazer um churrasco ainda mais saboroso com diferentes lenhas. "As árvores frutíferas são boas para a defumação, como cerejeira, jabuticabeira, macieira, pessegueiro, laranjeira e goiabeira", recomenda José Almiro.

Larissa aconselha utilizar outros ingredientes para dar sabor na defumação. "Pode-se acrescentar ervas e sementes como de pimenta rosa, anis diretamente no carvão", diz.

Muitas lojas especializadas em carnes e churrasco vendem a lenha frutífera em lascas. Você pode colocar as lascas ou pedaços da lenha perto da brasa, para que ela vá queimando aos poucos e ir soltando a fumaça. "Se for em lascas, pode-se também umedecer e depois embrulhar no papel aluminio e fazer furos no alumínio, assim a madeira vai soltando a fumaça aos poucos" afirma José Almiro.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários