Tradição brasileira, o churrasco  tem características próprias em cada região do país. Um dos modos mais tradicionais e apreciados é o churrasco gaúcho. Com carnes específicas e o tempo de preparo mais longo, o churrasco gaúcho é famoso por ter uma suculência típica e por ter temperos particulares para cada carne.

churrasco
Reprodução/Fogo de Chão
Para fazer um churrasco perfeitamente gaúcho, há alguns truques


Para fazer um típico churrasco gaúcho, Alberto Wachhols, Diretor de Operações da Fogo de Chão Brasil ensina algumas dicas de como fazer essa delícia à moda tradicional dos pampas.


Quais as carnes próprias para churrasco gaúcho?

picanha
shutterstock
A picanha é um clássico, mas outros cortes também são utilizados


Dê preferência por cortes mais gordos, como picanha, fraldinha, costela, bife de chorizo e bife ancho. Mas, atenção: durante o preparo tome cuidado para que a gordura não pingue muito na brasa.

Como assar as carnes em um churrasco gaúcho?

churrasco
Reprodução/Netao Bom Beef
A distância entre a carne e a brasa da churrasqueira pode afetar o resultado final da carne


Para o churrasco gaúcho, Alberto aponta que uma brasa ideal demora entre 30 e 45 minutos para ficar pronta. "Além disso, você precisa de uma lenha dura, sem umidade ou carvão de qualidade também seco, porque assim a brasa fica viva por mais tempo", afirma.

Alberto explica que cada carne tem um modo de assar diferente. "Cada carne necessita de uma distância e temperatura ideal para assar no tempo certo. A costela, por exemplo, pode chegar a mais de seis horas e deve ficar mais distante da labareda, para ir assando aos poucos.

Já a fraldinha, chorizo e ancho podem ser assados mais perto do fogo, enquanto a picanha precisa manter distância do calor, pois tem muita gordura e se respingar demais na brasa pode gerar chamas.

Qual o tempero para as carnes do churrasco gaúcho?

sal grosso
Reprodução/Pixabay
O tempero mais utilizado é o sal grosso


A maioria das preparações gaúchas utiliza apenas sal grosso, mas alguns tipos de cortes podem levar alguns temperos a mais. "A carne de porco, por exemplo, vai bem com limão, vinho e pimenta, harmonizando bem com temperos de sabores proeminentes", diz.

Já a carne de cordeiro pode ser temperada com vinho e pimenta. "Porém, o principal e mais tradicional tempero para ela é a hortelã". Já o frango combina bem com conhaque, cerveja, páprica e ervas frescas como sálvia ou salsa e cebolinha.

Quais são os melhores acompanhamentos?

salada
Arquivo/iG
Salada verde e outros acompanhamentos são perfeitos para o churrasco gaúcho


Há diversos acompanhamentos , mas para ser mais fiel à tradição do churrasco gaúcho, Alberto sugere saladas verdes, maionese de batata e pão. Ele também indica bebidas que harmonizam bem com o churrasco. "Como o sul do país é mais frio, o gaúcho prefere acompanhar o churrasco com um bom vinho".

Contudo, um boa cerveja pode ser uma excelente pedida. "Hoje, existem no mercado diversas variações de cerveja, desde as mais leves do tipo Pilsen, passando por cervejas de trigo até as mais encorpadas como as IPA ou Pale Ale, que produzem excelentes harmonizações com os mais diferentes tipos de cortes de carne", diz.

    Veja Também

      Mostrar mais