Que churrasco é tudo de bom, todos concordam.  Muitos pensam que para ter um churrasco perfeito é preciso de maestria e anos de prática e carnes queimadas ou cruas, mas não é bem assim. Seguindo algumas dicas, qualquer iniciante pode se aventurar nas grelhar e fazer um churrasco muito gostoso para a família e os amigos.


A quantidade de cortes bovinos pode ser uma grande dificuldade na hora de comprar as carnes para o churrasco. Mas o churrasqueiro José Almiro, apresentador do canal Churrasqueadas, tem algumas dicas para você se sair bem nesta empreitada. Confira.

churrasco
Aretha Martins/iG
Com esse guia de carnes, você irá fazer sucesso no churrasco


José Almiro contou ao iG Receitas quais são os melhores cortes para você fazer na brasa, desde as compras mais acessíveis até as carnes mais fáceis de preparar na churrasqueira. Então separe o carvão, o sal grosso e arrase no churras.


Tá sem grana? Calma, dá para fazer um churrasco bom!

churrasco
Divulgação/Churrasqueadas
Cortes mais baratos também vão bem na churrasqueira


Com os preços da carne subindo, o churrasco pode parecer cada vez menos acessível. Segundo, José Almiro, dá pra usar cortes saborosos e com preços mais camaradas.

"A fraldinha é um corte excelente para churrasco e bem mais em conta que uma picanha. A maminha também é muito boa opção. Outros cortes como o miolo de acém e miolo da paleta, se forem de um gado de qualidade, proporcionam um ótimo churrasco. E tem a costela também, porém exige um tempo maior para se preparar", diz.

Além dessas opções, você também pode investir nos cortes suínos e de frango, que são excelentes para churrasco e mais baratos em relação à carne bovina.

Medo de estragar a carne? Relaxa que tem corte fácil!

bife
shutterstock
Opte por bifes baixos para não perder o controle do cozimento da carne


Você pode apostar nos clássicos, como picanha, contrafilé, maminha, alcatra e fraldinha. Mas José Almiro indica cortes mais simples para os que têm pouca prática. "Recomendo bifes não tão altos, um pouco mais finos, de dois dedos mais ou menos, para que não fique seca e não seja difícil para acertar o ponto, para não ficar mal passada por dentro", aponta.

Quer um churrasco de primeira? Segue a dica:

picanha
shutterstock
Clássico do churrasco, a picanha é uma peça conhecida por sua maciez e suculência


José Almiro aponta que as carnes de primeira hoje em dia são de bois de primeira, que proporcionam cortes excelentes, inclusive ácem, paleta e ponta de peito, que eram considerados cortes de segunda. "Mas basicamente as melhores carnes são as do traseiro do boi, como a picanha, alcatra, contrafilé, etc. Normalmente mais macias e são chamadas de carnes nobres", diz.

Se você for comprar picanha, cuidado: a picanha tem peso máximo de 1,2 quilos, se passar disso, você está comprando partes de coxão duro. Preste atenção na hora de pedir o corte no açougue!

As carnes do boi de segunda podem virar estrelas

fraldinha
Reprodução/Churrasqueadas
A fraldinha se tornou uma estrela do churrasco


Cortes de bois de segunda podem ser bem saborosos também. "De boi de segunda, podemos citar a miolo de acém e miolo da paleta. Fraldinha era considerada de segunda antigamente, mas hoje ela é uma estrela do churrasco", aponta.

Anotou os cortes? Agora vamos de temperos:

temperos
Pixabay/westerper
Temperos elevam o sabor e também podem ser trocados para não deixarem a comida sem graça


Não é só o sal grosso que dá sabor para o churrasco. Ervas e alguns temperos podem dar um sabor diferenciado. José Almiro aponta alguns temperos baratos e gostosos. "Gosto muito de utilizar ervas como tomilho, alecrim, sálvia, orégano e salsinha. Temperos secos também combinam bem, como páprica, alho em pó, cebola em pó, cominho em pó e lemon pepper", indica.

    Veja Também

      Mostrar mais