Tamanho do texto

Veja como temperar, quanto usar de óleo e identificar o ponto certo da carne

Ao lado do arroz e do feijão, a carne costuma ser uma das guarnições mais comuns do clássico prato do dia a dia. Apesar de ser simples, nem sempre as pessoas sabem como fazer bife de forma que a peça fique no ponto certo.

Leia também: Saiba qual a forma correta de armazenar pó de café dentro e fora da geladeira

bife
shutterstock
Chef especialista em carnes dá dicas de como fazer bife no ponto certo e não errar na hora de temperar

Pensando nisso, o iG receitas conversou com a chef especialista em carnes Larissa Morales, do canal no YouTube Larica na Brasa, sobre algumas dicas essenciais para quem quer aprender como fazer bife .

Essas dicas fazem parte de uma série do iG Receitas publicada toda quinta-feira. A intenção é ajudar alguns macetes para quem ainda não está bem familiarizado com a cozinha. Relembre o que já ensinamos por aqui:

Como fazer bife?

bife sendo temperado
shutterstock
A chef recomenda temperar apenas com sal e pimenta do reino moída na hora para manter o sabor da carne

A chef deu dicas de como temperar a carne , qual quantidade de óleo ideal e como saber se está no ponto certo. Confira:

Tempero

Larissa explica que gosta de usar apenas sal ou no máximo uma pimenta do reino moída na hora para temperar o bife . A chef fala que dessa forma é possível sentir realmente o sabor da carne.

“Agora, existem diferentes tipos de sais, o sal grosso é indicado para longos assados, pois como demora horas e horas para ficar pronto, o sal dissolve nesse tempo. O sal de parrilla é um sal com granulometria intermediária entre o sal grosso e o fino, e é indicado para usar em steaks. Já a flor de sal, que é um sal mais fino, em escamas, é usado na finalização e derrete na hora”, completa.

Após o preparo, se você sentiu que a carne salgou demais, Larissa explica que não há mais o que ser feito. “Se estiver pouco salgada, é só corrigir com flor de sal, que é usada na finalização. É melhor utilizar menos sal mesmo e, se necessário, corrigir depois.”

Quantidade de óleo

Segundo a chef, a quantidade de óleo ideal vai depender muito da panela ou da frigideira. “Se for antiaderente não precisa de tanto, apenas um fio, mas, se a frigideira for de ferro ou alumínio, melhor colocar uma ou duas colheres de sopa”, fala.

E como saber que a frigideira já está quente o suficiente para começar o preparo? “Basta jogar uma gota de água na frigideira. Se a gota chiar na hora, a frigideira está quente o suficiente”, explica Larissa.

Leia também: 7 dicas para cozinhar em segurança com a panela de pressão

Ponto certo

Para saber se a carne está no ponto certo, aperte e sinta a resistência. “Se estiver muito mole, está mal passada. Conforme for ficando mais rígida, o ponto vai aumentando e ficando mais passada”, fala.

“O ideal é deixar o bife tostar de um lado até formar crosta e depois virar. Uma boa dica é observar gotas de sulco da carne subindo, quando isso acontecer está na hora de virar!”, completa a chef.

Queimou, e agora?

Quando ainda não se sabe como fazer bife , é comum deixar a carne queimar um pouco. Quando isso acontece, não há como salvar. Larissa explica que como o bife amargou, não tem uma solução.