Tamanho do texto

São várias formas deliciosas e o chef André Palma dá dicas de preparo e tira dúvidas sobre o alimento

No nordeste, o cuscuz é consumido com manteiga, carnes e queijos
FreePik
No nordeste, o cuscuz é consumido com manteiga, carnes e queijos


Para o café, jantar, almoço, com manteiga, carnes, açúcar… o alimento é democrático e gostoso em todas as formas. A origem do cuscuz ainda é bem discutida: enquanto uns falam sobre ter berço africano, tem quem discorde e dê os créditos para os árabes.

Assim como todo prato que adaptamos, o jeitinho brasileiro é um dos melhores.  Para saber sobre esse ingrediente tão amado, conversamos com o chef André Palma, que dá dicas de pratos e fala sobre os jeitos diversos do cuscuz. 



O chef explica que a base da receita é, basicamente, farinha em flocos de milho seco, que é hidratada com água, temperada com sal e cozida até que vire uma espécie de bolo. De acordo com as diferentes culturas de nosso país, as regiões brasileiras consomem o prato de jeitos variados.  

“São várias combinações a partir da receita base. No Nordeste é a mistura do ovo frito, queijo assado, camarão, carne seca acebolada...  Então, ele serve como base para o acompanhamento de muitas coisas.” Além disso, no Nordeste também pode ser consumido com feijão, como uma forma de alimentação mais substancial e forte.

Cuscuz paulista
Reprodução/AdobeStock
Cuscuz paulista



Cuscuz Paulista


Segundo André, no Sul e no Sudeste acontece uma gourmetização do alimento, que não deixa de ser uma delícia. “O mais conhecido seria o cuscuz paulista que recebe a adição de sardinha, camarão, ovos cozidos, tomate, ervilhas, cheiro verde, e também é transformado em um bolo.” 

Saiba qual farinha usar

Refinadas e grossas, são vários tipos de farinhas para a sua escolha, mas o floco acabou dominando as receitas ao redor do Brasil. “Com o floco, você tem um produto mais fofo e leve, mas não perde a consistência, não perde o sabor e consegue ter resultados muito positivos” afirma André.

O “bolo” de cuscuz é um clássico, mas algo que também é muito presente em comemorações e churrascos é a farofa feita com o alimento. Você pode ter uma boa farofa de cuscuz acrescentando a manteiga de garrafa, verduras e cheiro verde.

O cuscuz é, além de um prato gostoso, uma grande representação cultural! André explica que para o nordestino, o simbolismo do alimento é muito grande. “Antigamente, o cuscuz era conhecido como uma comida de pobres e ao longo do tempo, ele se transformou em uma iguaria. Hoje é visto em mesas de chefs renomados, de grandes hotéis, com uma aceitação muito grande” diz.

Salgado ou doce?

Se engana quem pensa que o cuscuz só pode ser consumido com alimentos salgados. André dá a dica e para o bolo doce, basta acrescentar leite de coco, ovos e manteiga. Também vale acompanhar uma goiabada derretida e queijo ralado, então, você tem um bolo de floco de milho delicioso. Vale usar a criatividade! Você pode inventar suas próprias receitas com o produto e mandar bem na diversidade de combinações.

São muitas receitas, muitos acompanhamentos e muitas formas de fazer o cuscuz. Para te inspirar e te deixar com água na boca, confira quatro receitas com o ingrediente. 


CUSCUZ DE MILHO COM QUEIJO COALHO

A receita do chef Arnor Porto é perfeita para o cafézinho da manhã ou da tarde. 

INGREDIENTES

100 gramas de milho para cuscuz
50 gramas de manteiga
4 fatias de queijo coalho
Sal a gosto 

MODO DE PREPARO

Aqueça a cuscuzeira com água, coloque a farinha na parte superior e deixe cozinhar no vapor por 30 minutos. Retire o cuscuz da panela e acrescente a manteiga e o sal. Em uma frigideira, sele as fatias de queijo coalho e sirva por cima do cuscuz. Vai um cafezinho aí?! 


CUSCUZ PAULISTA COM CAMARÃO


Na receita do Sem Medida, o prato é perfeito para reunir a família e amigos, alimentando muita gente!

INGREDIENTES

2 xícaras de farinha de milho em flocos
1 xícara de farinha de mandioca
4 xícaras de caldo de camarão (se não tiver, use água)
2 latas de sardinha
½ xícara de milho verde
3 dentes de alho picados
1 cebola em cubos pequenos
2 latas de tomate pelado
1/2 xícara de ervilha fresca congelada
Azeite, sal e pimenta a gosto
Salsinha a gosto
Pimenta de cheiro

PARA DECORAR
Ovo cozido fatiado
Palmito
Mini tomates
Ervilha
Camarão branqueado

MODO DE PREPARO

Comece com o refogado de cebola (até ficar transparente),  alho e pimenta. Deixe refogar até pegar cor. Junte a sardinha e mexa. Depois acrescente o tomate pelado batido no liquidificador e o caldo de camarão (se não tiver, use água).

Aos poucos acrescente as farinhas, sem parar de mexer. Junte o milho verde e deixe cozinhar uns três minutos. Depois, acrescente as ervilhas,  o palmito, a salsinha e a pimenta de cheiro. Mexa bem, acerte o sal e desligue o fogo e reserve.

Cozinhe os ovos no ponto (9 minutos) e corte em rodelas. Fatie também os tomates ao meio e o palmito. Branqueie os camarões. Unte a forma com azeite e decore a gosto. Coloque parte do cuscuz e use as sobras da decoração como recheio. Complete com o restante da massa e leve à geladeira. Desenforme em uma travessa e sirva com salada de folhas. Saboroso!


SALADA DE CUSCUZ NORDESTINO 


Esta receita do Aqui na Cozinha é uma ótima opção para incluir no seu almoço ou jantar, além de ser fácil e rápida.

INGREDIENTES

3 xícaras (de chá) de sobras de cuscuz
3 colheres (de sopa) de suco de limão
3 colheres (de sopa) de azeite extra virgem de oliva
2 tomates picados
1/2 cebola ralada
2 colheres (de sopa) de coentro picado
1/2 xícara (de chá) de azeitonas em rodelas
Sal a gosto

MODO DE PREPARO
Com a ajuda de um garfo amasse as sobras de cuscuz, que deve estar frio, até que ele fique todo soltinho. Agora é só juntar todos os ingredientes e mexa muito bem. Deixe 5 minutinhos na geladeira e está pronto!


FAROFA DE QUEIJO COM BANANA


Nesta receita do Pitadinha, a dica é aproveitar o resto de cuscuz e acrescentar ótimos ingredientes. 


INGREDIENTES 

250g de cuscuz 
2 ovos 
1 banana prata picada 
2 fatias grossas de queijo coalho picadas
Coentro à gosto picado


MODO DE PREPARO 


Em uma panela, derreta uma colher generosa de manteiga e jogue os ovos. Em seguida, o cuscuz esfarelado. Em outra panela, derreta outra colher de manteiga e quando estiver bem quente, jogue primeiro o queijo, até dar uma tostada (mexendo sempre). Depois, acrescente  a banana e o coentro, transfira os ingredientes de uma panela para a outra, misture tudo e sirva. Fácil e delicioso. 

    Leia tudo sobre: Receitas