As diferenças entre diet, light e fit
Free pick
As diferenças entre diet, light e fit


Light, diet, fit… quando começamos a nos alimentar com produtos especiais ou iniciamos uma dieta, esses são termos frequentes que se escutam e se veem na internet. Quem nunca se deparou com os nomes nas prateleiras dos mercados e se indagou o que realmente significavam? Confira o que quer dizer cada um dos termos. 

Você já deve ter se confundido com esses termos, pois são bem parecidos e, por mais que sejam usados para uma alimentação mais saudável, estão mais ligados à restrição de nutrientes. Alimentos diet não são indicados para quem está de dieta, já que não existe a redução de calorias no alimento. Às vezes, eles contêm até mais do que os produtos comuns. Também é importante se atentar e não exagerar no consumo desses alimentos.


Você viu?

O que é o light? 


Os produtos light são industrializados e têm redução de 25% do teor no valor energético ou de nutrientes como sódio, açúcar, gordura e colesterol. Sempre leia com atenção os rótulos dos produtos para descobrir qual é o nutriente que foi reduzido.


O que é o diet? 


O diet também é industrializado e é, basicamente, um produto que tenha ingredientes como açúcar, gordura, proteínas, carboidratos e sal em pouca ou nenhuma quantidade. Esses produtos são indicados para quem tem problemas crônicos, como diabéticos. Mesmo com menos açúcar e sódio, os produtos diet não têm, necessariamente, poucas calorias. 


O que é o fit?

Já o fit ficou muito conhecido e o termo dominou a internet, especialmente por ser muito usado por influenciadores. Se trata de alimentos que são mais saudáveis e o termo em si (diferente de light e diet) não significa nada. 

Lembre-se que antes de mudar radicalmente a alimentação e trocar produtos normais por diet e light, é necessário consultar uma nutricionista para saber os melhores indicados para a sua situação.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários