Muitas vezes o almoço rende e sobra muito arroz na geladeira. Você pode até esquentar ou fazer uma receita diferente com ele, um exemplo é o bolinho de arroz. Mas uma boa opção que une diversos ingredientes e fica uma delícia é o arroz de forno. 

arroz de forno
Divulgação/Oba Hortifruti
O arroz de forno é uma ótima opção para você que quer aproveitar ingredientes da geladeira


Além de ser uma boa opção de reaproveitar o arroz, a receita é boa para dias de preguiça. Para o Chef Henrique Escábia, consultor do Sabor das Índias, a opção é bem prática. "Eu mesmo utilizo para aproveitar o que tenho da geladeira".

Mas mesmo sendo algo simples, sempre há um truque ou outro para deixar o prato ainda melhor. Por isso, o Não erre da semana te ensina tudo o que precisa para fazer um bom arroz de forno.


A melhor forma é a de vidro

arroz
Castelo Alimentos
A melhor forma é a de vidro, mas pode utilizar qualquer apropriada para forno


Escolher a forma certa  para fazer o arroz de forno também é importante. Melchior  Neto, chef do restaurante Gama, afirma que o ideal é a forma de vidro, tanto pela estética quando pela distribuição de calor.

Lúcio Roberto, docente gastronômico do Senac São Paulo, concorda e completa, dizendo que o vidro é um elemento que não passa sabor para o alimento. "No alumínio, pode passar partículas da forma para o arroz, mas tudo depende da maneira que se higieniza a forma", afirma o docente.

Cozinhe todos os ingredientes antes

legumes
Divulgação/Receitas Nestlé/Marcelo Resende
Legumes e carnes devem ser cozidas antes do forno


Como é uma receita para reaproveitar o que tem na geladeira, a sugestão de Melchior é optar por alimentos que já estão cozidos. Segundo o chef, o prato vai ao forno apenas para finalizar a gratinar. 

Se for usar itens crus, preste atenção ao tempo de cozimento. "Abobrinha, pedaços pequenos de batata, vagem, ervilha, milho e camarão são ingredientes que tem cocção rápida, então pode ser adicionado cru na receita", comenta Lúcio. 

Nem ressecado e nem empapado

arroz
shutterstock
Para não ressecar, cubra a assadeira e adicione umidade, como molhos ou cremes no arroz


Há também dicas para deixar o arroz de forno suculento e no ponto certo. "Como o arroz fica mais seco no dia seguinte, recomendo utilizar molho de tomate, queijo, creme de leite ou molho branco para trazer mais umidade e cremosidade ao arroz de forno", ensina o chef Henrique Escábia. 

O molho também vai evitar que o arroz queime. "Quando o arroz entra no forno, ele sofre um processo de desidratação e pode queimar. Por isso ele deve estar úmido ou com água ou molho de tomate, molho de alguma carne, ou caldo de legumes", afirma o docente do Senac. 

Mas ainda assim, atenção à quantidade de molho ou caldo no prato. "O molho, se colocado em excesso, vai amolecer o arroz e deixar empapado", alerta Melchior.

Ele também tem mais um truque: "Uma dica aqui é cobrir a assadeira com papel alumínio, isso evita que o arroz fique ressecado ou queime". 

Não fique apenas no arroz branco!

arroz
shutterstock
Diversos tipos de arroz podem ser feitos no forno


O docente do Senac São Paulo lembra que é possível fazer o arroz de forno com a maioria dos tipos de arroz. "Dá uma nova roupagem ao prato, os únicos tipos de arroz que devem ser evitados são os que soltam muito amido, como o arbóreo e o bomba", afirma Lúcio. 

Receitas de arroz de forno para testar em casa

arroz
Arquivo iG
Aproveite e faça algumas receitas!


Anotou as dicas? Então confira estas receitas e se inspire para fazer arroz de forno em casa:

Série "Não Erre"

As dicas e receitas para o preparo do arroz de forno fazem parte de uma série publicada todas as quintas-feiras no iG Receitas, o "Não Erre". A ideia é dar dicas para acertar no preparo de pratos simples do nosso dia a dia, doces ou salgados. Veja o que já foi assunto da nossa série no infográfico abaixo: 


    Veja Também

      Mostrar mais