Quem não gosta de uma boa coxinha? Um salgado frito, barato e que fica pronto em pouco tempo, a coxinha é dos aperitivos prediletos dos brasileiros.

Leia também: Risoto no jantar: 5 receitas e dicas para te ajudar na hora de fazer o prato

Coxinhas em uma cesta branca
shutterstock
Uma alternativa boa e barata para matar a fome, a coxinha tem seus segredos na hora do preparo da receita

E até um clássico reserva seus truques para um preparo perfeito. A personal chef Malu Mello aponta os erros mais comuns no preparo da coxinha , diz  como evitá-los e desvenda todos esses segredos. 

A massa perfeita

duas coxinhas em um prato branco, com uma delas aberta ao meio.
Edu Cesar/Fotoarena
Combinando os dois ingredientes, a massa da coxinha fica perfeita

''O segredo para uma massa leve é equilibrar a receita, sendo metade dela feita de batata, e a outra metade de farinha de trigo'', aponta a chef.

Também é importante acertar no ponto para evitar problemas. ''Cozinhar a massa até que ela se desprenda do fundo da panela é outro segredo para que a massa da coxinha fique leve e não estoure na hora que for fritar'', ensina Malu.

Empanamento na ordem correta

4 coxinhas sendo empanadas
Edu Cesar/Fotoarena
Seguindo a ordem correta, a coxinha deve ficar bem empanada, e o resultado final será satisfatório

Para chef, o empanamento da coxinha deve seguir uma ordem correta para resultar em uma casca deliciosa e crocante. ''Farinha de trigo, ovo, e farinha tipo panko, nesta ordem, deixam a coxinha perfeita'', orienta Malu.

Leia também: O que fazer para evitar o desperdício de alimentos durante o isolamento

Cuidado ao fritar!

Coxinhas sendo fritas no óleo
Edu Cesar/Fotoarena
A chef Malu Mello chama a atenção para dois erros comuns na hora de fritar as coxinhas

Fritar a coxinha pode parecer algo muito fácil, mas o processo também requer atenção para o resultado perfeito. 

Para Malu Mello, o primeiro desses cuidados deve ser em relação a coxinhas congeladas. ''Nunca frite a coxinha congelada!'', alerta a chef. ''Além de correr o risco de que o recheio da coxinha fique gelado, a massa pode correr o risco de rachar ou estourar''.

A temperatura do óleo também é outro fator importante na hora de fritar a coxinha . ''Para um melhor resultado, a temperatura do óleo deve ser próxima aos 180ºc  de temperatura'', aponta Malu.

Gostou das dicas? Que tal colocá-las em prática? Veja a receita da coxinha de frango , que rende até 35 porções.

Leia também: Sobrou arroz? Aprenda 6 receitas de bolinho de arroz para não desperdiçar nada!

Série "Não Erre"

As dicas para o preparo da coxinha fazem parte de uma série publicada todas as quintas-feiras no iG Receitas, o "Não Erre". A ideia é dar dicas para acertar no preparo de pratos simples do nosso dia a dia, doces ou salgados. Veja o que já foi assunto da nossa série no infográfico abaixo:


    Veja Também

      Mostrar mais