Tamanho do texto

Em 75 horas na cozinha, Maliha Mohammed preparou 400 pratos

Menu

Cozinheira autodidata, Maliha Mohammed, do Quênia, quebrou o recorde mundial individual de mais horas consecutivas cozinhando.

chef queniana Maliha Mohammed arrow-options
Reprodução
A chef queniana Maliha Mohammed em ação

Leia também: Vodca atômica: cientistas criam bebida a partir de grãos vindos de Chernobyl

Ela começou a cozinhar às 10h de sexta-feira, dia 15 de agosto, no Kenya Bay Beach Resort, em Mombasa (Quênia), e parou 75 horas depois, no domingo, 18 de agosto, às 13h.

Durante os três dias, a cozinheira preparou 400 pratos , incluindo alimentos tradicionais suaíli, como feijão de coco, peixe frito, mandazi (tipo de pão frito), mukimo (purê de batata e vegetais verdes) e githeri (milho e feijão).

Pratos internacionais como biryani indiano e chapati, frango peri-peri e dez tipos diferentes de pizza também fizeram parte do cardápio , que foi doado a organizações de caridade, de acordo com a Newsweek.

Leia também: Café Central Perk será recriado nos EUA para comemorar os 25 anos de "Friends"

“Estou feliz por ser a primeira chef mulher na África a conquistar esse ‘título’. Vou descansar por muito tempo”, declarou Mohammed ao Daily Nation do Quênia, que contou ainda sobre seu treinamento, com tentativas de 36 e 56 horas cozinhando.

Leia também: Com chão de vidro, restaurante mais alto da Tailândia é inaugurado em Bangkok

O recorde anterior era de 68 horas, 30 minutos e um segundo, estabelecido em Los Angeles, por Ricky Lumpkin II, no dia 7 de abril de 2018.