Tamanho do texto

Chef dá dicas de como preparar o ingrediente tradicional brasileiro em casa

Toda quinta-feira ensinamos como preparar pratos típicos do dia a dia do brasileiro, como arroz, feijão, macarrão e purê de batata. Nesta semana, o iG Receitas conversou com a chef Malu Mello para descobrir dicas de como fazer carne seca em casa.

Leia também: Não sabe como fazer bife? Chef dá dicas para nunca mais errar

carne seca com abóbora arrow-options
Arquivo iG
A principal dica de como fazer carne seca em casa é executar todas as etapas do processo de dessalgue

Ingrediente de pratos como arroz carreteiro e escondidinho, a carne seca exige paciência e técnica para ser preparada, já que, antes de ser adicionada na receita, precisa ser dessalgada – processo que leva 12 horas. Como fazer carne seca leva tempo, é preciso se programar antes de fazer uma receita que leva o ingrediente, já que não há como acelerar essa etapa.

A receita tradicional para dessalgar a carne seca orienta limpar a carne, colocar de molho em um recipiente com água fria e cobrir com plástico filme. A água deve ser trocada a cada quatro horas por um período de 12 horas. Após isso, descarte a água.

Geralmente, a carne seca é usada nas receitas desfiada ou em cubinhos. Malu explica que para desfiá-la é preciso, após dessalgar, deixar na panela de pressão por 30 minutos. Após isso, é possível desfiar a carne seca com os dedos ou garfos. Para otimizar o tempo, a chef dá a dica de picar a carne e colocar no liquidificador, usando a tecla “Pulsar” para desfiar.

Leia também: O que é e como refogar os alimentos? Chef dá dicas e explica técnica

Receitas com carne seca

risoto de carne seca arrow-options
Arquivo iG
A carne seca combina com ingredientes como arroz, mandioca e abóbora

A carne seca combina com alimentos como mandioca, feijão, abóbora e arroz. Veja algumas receitas:

Como secar a carne em casa

carne seca arrow-options
Edu Cesar
Secar a carne é um dos métodos mais tradicionais de conservação dos alimentos e pode ser feito em casa

Hoje, a carne seca pode ser comprada pronta no mercado. No entanto, secar a carne em casa é um dos métodos mais antigos de conservação dos alimentos e ainda é muito praticado em algumas regiões do país. “A carne seca é fruto da necessidade de conservação da matéria-prima em viagens de navio ou em lombo de mulas”, explica a chef.

Para isso, a peça é salgada e colocada para secar até atingir níveis baixíssimos de umidade. Dessa forma, sem líquido, ela dura mais tempo sem estragar.

Se você quiser se aventurar e fazer  todo o processo, Malu alerta: “É bom se programar com antecedência”, aconselha Malu. O passo a passo não é difícil, mas leva cerca de cinco dias para ser concluído.

Ingredientes

  • 2 kg de sal
  • 2 kg de contrafilé
  • Um recipiente com tampa

Modo de preparo

Abra o contrafilé em manta e cubra os dois lados com 1 kg do sal. Deixe descansar por 24 horas. Depois, escorra a salmoura, seque a carne e cubra com o outro 1 kg de sal. Espere mais 24 horas, retire da salmoura e deixe a carne pendurada em local ventilado para finalização da secagem que dura em média cinco dias.

Dicas

Malu ainda dá algumas dicas de como fazer carne seca . Segundo ela, o ideal é estar em uma região de baixa umidade. Para acelerar o processo, a chef sugere colocar mais sal e optar por um ambiente climatizado. “Pode ser na geladeira e ir controlando a temperatura”, orienta. Além disso, para deixar a carne com uma cor mais bonita e viva, é possível misturar colorau ou urucum com sal e passar no contrafilé.

    Leia tudo sobre: receitas