A pele do bode é usada para fazer a bolsa que guarda a carne
Flickr/Fabian Kronenberger
A pele do bode é usada para fazer a bolsa que guarda a carne


A buchada de bode é uma iguaria culinária com sabor nordestino. O prato tem origem portuguesa e é feito com os miúdos do bode e servido em uma "bolsinha”, feito com o próprio estômago do animal. 

Existem duas formas de fazer a buchada. A primeira é usando as vísceras brancas: tripas e partes do estômago do bode. A segunda, é com as vísceras vermelhas, que contam com o coração, rins, pulmões, fígado e baço do animal. 


Para deixar a carne bem saborosa, os temperos mais utilizados são alho, cebola, colorau, cominho, hortelã, tomate, pimentão e vinagre ou limão. Para limpar bem os miúdos, é preciso realizar mais de uma lavagem nas vísceras.

Na “bolsinha”, basta costurar a abertura com uma linha, que pode ser de costura, e deixar uma ponta solta para a entrada dos miúdos no “pacote”. Agora que você já sabe o necessário, confira uma receita deliciosa do prato! 


Buchada de bode


Esta receita do Comidas e Receitas leva toucinho, para trazer ainda mais sabor ao prato.

Você viu?


Ingredientes

  • 1 buchada grande (miúdos, tripa e bucho)
  • 1 colher (sopa) de tempero seco 
  • 1 molho de coentro 
  • 1/2 xícara (chá) de azeite 
  • 200 g de toucinho cortado em cubinhos pequenos 
  • 2 cebolas grandes 
  • 2 colheres (sopa) de colorau 
  • 2 colheres (sopa) de sal 
  • 2 pimentões grandes 
  • 3 colheres (sopa) de vinagre ou suco de limão 
  • 6 limões grandes 
  • 8 dentes de alho amassados


Modo de preparo


Antes de colocar os temperos, lave bem a buchada em água corrente. Em seguida, coloque o suco de limão, misture bem e leve ao fogo para escaldar um pouco. Não deixar cozinhar demais para não endurecer a bolsinha onde irão os miúdos.

Depois da fervura, retire do fogo, limpe bem raspando com uma faca. Retire alguns resíduos restantes. Quando terminar, corte bem picado e então, coloque todos os temperos.

Em uma bacia grande, coloque as vísceras misturando bem. Deixe tomar os temperos por algumas horas. Depois, costure a bolsinha até a metade, deixando uma abertura para encher. Quando terminar de encher feche costurando com uma agulha e linha.

Com as bolsinhas prontas, leve ao fogo em uma panela grande com água, o suficiente para cozinhar, não esquecendo de colocar o mocotó e o restante de algumas vísceras que por ventura tenham ficado. Fica delicioso! 


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários