fritura
shutterstock
O óleo da fritura do croquete deve estar bem quente. Isso vai garantir um petisco crocante


Conseguir acertar na fritura de imersão não é tarefa fácil. O recheio pode vazar, o alimento ficar muito encharcado ou cru por dentro. O empanamento perfeito e o alimento sequinho após uma boa imersão parece um desafio que apenas chefs conseguem atingir.


Pensando nisso, conversamos com o chef Melchior Neto para entender todos os processos da fritura para você não errar mais e arrasar na cozinha.

Qual a panela correta para fritar por imersão?

Como na fritura por imersão é utilizada uma boa quantidade de óleo, um cuidado é utilizar panelas grandes. "O importante aqui é ser uma panela alta, isso vai evitar do óleo espirrar ou transbordar", diz o chef. 

Qual o melhor óleo para fritar por imersão?

Há diversos tipos de óleo no mercado e até banha, mas Melchior indica uma classe específica. "Os óleos vegetais são sempre a melhor opção para esse tipo de fritura. O de soja é um dos mais comuns, mas os de algodão e canola também são ótimos", indica.

Como empanar carnes?

Dependendo da receita, o jeito de empanar muda, mas há sempre uma forma perfeita de empanar. "Isso vai variar de acordo com a receita, mas a sequência farinha de trigo, ovo batido e farinha de rosca não costuma falhar", diz.

O que fazer para o recheio não vazar nos alimentos recheados com queijo?

Na hora de fazer bolinhas de queijo ou outros recheados, Melchior indica alguns cuidados. "O primeiro cuidado é com a quantidade de queijo, pois ele vai derreter e expandir, então se tiver mais do que cabe vai vazar. Na hora de empanar você deve conferir se ficou algum buraco ou espaço que possa estourar e assim abrir caminho para o queijo vazar", aponta.

Qual a temperatura ideal do óleo para fritar?

Não é preciso ter o óleo fervendo, mas ele também não pode ficar frio, pois pode encharcar o alimento. "Quando colocamos o ingrediente para fritar isso diminui a temperatura do óleo, então o ideal é estar em uma média de 180º", afirma.

Como evitar do óleo explodir e sair da panela?

Para evitar sustos e ver o óleo pipocar na sua frente, Melchior tem uma dica de ouro. "Isso geralmente acontece com o contato de água nesse óleo quente, então é importante que os alimentos estejam secos. Caso seja algum produto congelado ele não deve descongelar antes. Ou seja, deve sair do freezer direto para a panela", diz.

O chef explica a diferença de fritar congelados e alimentos empanados na hora. "Com exceção dos congelados, é bom que os alimentos estejam em temperatura ambiente antes da fritura, pois produtos gelados vão diminuir a temperatura do óleo e podem ficar encharcados", afirma.

Receitas de empanados

Anotou as dicas? Então vá para a cozinha e faça receitas deliciosa em casa!

Série "Não Erre"

As dicas e receitas para o preparo da fritura em imersão fazem parte de uma série publicada todas as quintas-feiras no iG Receitas, a "Não Erre". A ideia é dar dicas para acertar no preparo de pratos simples do nosso dia a dia, doces ou salgados. Veja o que já foi assunto da nossa série no infográfico abaixo: 



    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários