A correria do dia a dia faz com que as pessoas tenham cada vez menos tempo para cozinhar. Vire e mexe você apela para um fast food ou delivery porque bate aquela preguiça e ir para a cozinha, pode confessar. Mas preparar alimentos não precisa ser algo trabalhoso ou demorado. 

mulher cozinhando arrow-options
shutterstock
Cozinhar não precisa ser sinômino de algo trabalhoso. Veja dicas para agilizar processos e ganhar tempo na cozinha

Leia também: Como conservar melhor frutas, legumes e verduras no verão?

Saiba que existem algumas dicas  práticas para encarar o desafio de fazer comida de verdade e ter uma alimentação saudável de forma prática, sem passar tanto tempo na cozinha. O segredo para isso, de acordo com a chef Luana Hernandez, parceira da Smart, é cozinhar as comidas e já estocá-las na geladeira ou no congelador. Assim, na hora da refeição, basta esquentar os alimentos ou temperá-los um pouco.

Ela explica por onde começar, como preparar de forma rápida uma série de alimentos e como congelar e descongelar. Veja as dicas: 

Como lidar com legumes e verduras de forma prática

como guardar salada arrow-options
shutterstock
Para conservar as folhas e hortaliças, guarde-as em saquinhos com pequenos furos depois da higienização

Uma alimentação saudável pede comidas e itens variados. Mas só de pensar em lavar alface toda vez que for fazer uma salada bate a preguiça e a folha acaba ficando de lado. Por isso, a primeira dica de Luana é higienizar legumes e verduras assim que chegar da feira ou do mercado e já deixar tudo pronto para o consumo. 

Leia também: Higienização dos alimentos: o que pode ou não ser lavado antes do preparo?

No caso das folhas, é necessário colocá-los de molho em bastante líquido - o que ajuda na higienização e também a manter o frescor por mais tempo. Esse líquido pode ser uma água clorada ou com produtos específicos para a higienização de alimentos facilmente encontrados em mercados. Depois, deve-se enxaguar e retirar o excesso de água das folhas em uma centrífuga de saladas (é conhecida também como 'secador de saladas').

Os vegetais também devem ser higienizados e lavados para que seja possíveis vestígios de terra, mas pedem outro processo de secagem. "Os vegetais mais consistentes podem ser secados com panos de prato ou papéis toalha", afirma Luana.

Com tudo limpo e sequinho, basta guardar as folhas em recipientes de plástico com divisórias de papel toalha. Quanto aos legumes e outros vegetais mais consistentes, o ideal é cortar e armazenar em pequenos potes. 

Como agilizar o processo de cozimento de feijão e outras leguminosas ou grãos?

feijão arrow-options
shutterstock
Deixar o feijão de molho é uma boa ideia para a saúde e também faz com que o cozimento seja mais rápido

O clássico arroz e feijão também pode ser feito de forma mais rápida - e até mais saudável. Leguminosas como feijão, lentilha e grão-de-bico devem ser deixadas de remolho de um dia para o outro, trocando a água algumas vezes nesse período. Isso pode soar trabalhoso, mas vai te ajudar lá na frente. 

Com o procedimento, o cozimento dos grãos fica mais rápido, e isso contribui também para sua saúde, já que o remolho libera antinutrientes e toxinas dos grãos, responsáveis por provocar gases. Depois de dispensar a última água do remolho, Luana aconselha cozinhar com uma nova água, sem temperos. 

Para agilizar o processo do arroz, a dica da especialista é ter temperos já à mão na hora do preparo, o que nos leva à dica a seguir... 

Quais temperos são mais práticos?

alho arrow-options
shutterstock
Deixar alho e cebola já descascados, cortados e até amassados também ajuda a agilizar outros processos na cozinha

Pela praticidade,  chef aconselha o uso de temperos desidratados, que possuem uma duração mais longa e podem ser incluídos no início do cozimento para uma aromatização completa dos pratos.

Mas isso não exclui a dupla famosa da cebola e alho, que pode entrar no arroz do dia a dia. Nesse caso, dica é conservá-los no refrigerador já cortados e amassados, para ganhar tempo na hora dos preparos dos pratos. Também são vendidas pastas de alho e cebola em mercados, que facilitam ainda mais o trabalho. 

Leia também: Como substituir o sal e reduzir o sódio? Veja como usar ervas e temperos

Quais alimentos são bons para serem congelados?

comida congelada arrow-options
shutterstock
Congelar alimentos é uma ajuda e tanto, basta seguir algumas dicas para evitar problemas

Não há nada mais prático do que comida congelada , e dá para você fazer a sua em casa. Depois de higienizar folhas e verduras, preparar arroz e feijão, é hora de armazenar tudo isso para ter aquela comidinha sempre ao alcance. 

Leia também: Como congelar frutas e vegetais e preservar os nutrientes? Nutricionista ensina

Alguns itens funcionam bem ao serem congelados crus, já higienizadas e picados, como a flor do brócolis, cenoura, inhame, mandioquinha e outros. Basta descongelar pouco antes de servir. Já raízes como batata, mandioca e abobrinha podem ser cozidas e conservadas sem umidade na geladeira, já que o congelamento modifica a textura das raízes e o sabor. Luana lembra: "O caso de conservar no freezer funciona melhor se a ideia for fazer purês ou caldos". 

Tem também uma lista de pratos que "aceitam" muito bem o congelamento. São aqueles que envolvem molhos. Strogonoff, picadinho, frango ao molho curry ou xadrez, escondidinho de carne seca, filé de peixe assado em papelotes ou moqueca são pratos saborosos que podem ficar na geladeira ou no freezer por mais tempo.

O cuidado, ao já congelar algo pronto, deve estar voltado para não salgar os alimentos que vão para o freezer, pois o sabor pode ser acentuado. Também não é indicado, segundo Luana, descongelar e recongelar os alimentos. Ao descongelar, o ideal é já ingerir a comida. 

Mais uma das dicas por aqui é congelar em potes do tamanho de uma refeição, assim não há sobras. Ter em mente o planejamento das refeições também ajuda, pois os alimentos congelados prontos e/ou cozidos podem ser retirados na noite anterior do freezer e serem colocados na geladeira para descongelar sem perder a textura. Com isso, a comidinha já estará pronta, precisando apenas se aquecida rapidamente antes de ser servida. 

    Veja Também

      Mostrar mais