Tamanho do texto

Conversamos com o churrasqueiro José Almiro, que orientou sobre a escolha da melhor carne considerando preparo e custo-benefício

No fim de semana ou nas ocasiões especiais, o churrasco perfeito é desejado por muita gente. Além do tempero e tempo na brasa, claro, o corte da carne é fundamental para um resultado delicioso. Mas você sabe escolher a melhor opção entre clássicos, como contrafilé e alcatra?

carne arrow-options
shutterstock
A escolha do corte pode fazer a diferença no seu churrasco


Para ajudar, o iG Receitas conversou com o churrasqueiro José Almiro, do canal de Youtube Churrasqueadas, que orientou sobre o que deve ser considerado e qual o melhor custo-benefício para cada ocasião. 

Leia mais: Sal antes, furos e pressa. O que não fazer na hora de preparar um churrasco

Contrafilé x alcatra: qual a carne mais saborosa? 

carne arrow-options
shutterstock
De acordo com o profissional, ambos os cortes são ricos em sabor

Bastante conhecida com o corte tradicional de bife caseiro, a alcatra muitas vezes é vista como uma carne inapropriada para o churrasco. De acordo com José Almiro, porém, esse pensamento pode desperdiçar um enorme potencial. “O corte de alcatra tende a ser mais magro que o contrafilé, mas ambos são muito bons para churrasco”, diz.

Por ter fibras mais curtas, ela pode ficar muito macia, mesmo sem ter tanta gordura. A alcatra pode ser dividida em outros cortes como o baby beef, bombom do alcatra e steak do açougueiro.

Leia mais: Veja carnes baratas para salvar o churrasco em tempos de crise

O contrafilé , por sua vez, “possui uma diversidade de sabores e texturas dependendo da altura de onde se retira o bife”, diz o churrasqueiro, considerando ser uma peça que vai da dianteira do boi até a traseira do animal.

José Almiro ainda destaca tratar-se de um corte muito nobre, principalmente na Argentina, de onde retiram os famosos bife de chorizo, bife ancho e ojo de bife. 

Qual a diferença no preparo das carnes no churrasco? 

espetinho arrow-options
Divulgação
Espetinho de alcatra é uma excelente opção de aperitivo

Um dos preparos mais tradicionais da alcatra é também um queridinho dos brasileiros: o espetinho . Essa carne é perfeita para ser cortada em cubinhos e servida junto a legumes, como pimentão e cebola. Já para o espeto tradicional, deve-se preferir o corte em bifes menores (diferente da picanha, que exige blocos maiores) para garantir que a distribuição de calor seja uniforme. 

Leia mais: Saber cortar a carne pode salvar  o seu churrasco! Veja dicas

Já para o contrafilé - embora também cozinhe ou asse bastante rápido - segue outra proposta: permite bifes um pouco maiores, desde que precisos, respeitando os cortes específicos da peça. Além disso, o contrafilé também fica delicioso quando preparado “à gaúcha”, ou seja, com um pedaço razoável da peça no espeto, que deve ser fatiado depois de assar. 

Qual o melhor custo-benefício? 

homem fazendo churrasco arrow-options
shutterstock
No final, vence a carne que melhor se enquadra na situação

De acordo com o churrasqueiro, ambas as carnes se destacam pelo valor acessível e bastante equivalente no mercado. Por isso, o que deve ser considerado como prioridade é a necessidade específica de cada um. 

Enquanto a alcatra chama atenção por ser um corte macio, mais magro e que serve muito bem de aperitivo, o contrafilé pode ser mais versátil na hora do churrasco , permitindo uma diversidade de sabores impressionante desde que bem escolhido e preparado.