Tamanho do texto

Chef ensina versões de forno de pratos que são tradicionalmente fritos para quem busca mais saúde e menos sujeira na cozinha; veja os detalhes

Tem momentos que bate aquela vontade de comer um prato especial, mas logo vem o desânimo só de pensar em óleo quente, frigideira e toda a sujeira na cozinha. O lado bom é que muitas frituras viram ótimos pratos assados. O resultado é menos bagunça e uma versão bem mais saudável do alimento. 

Leia também: Frango empanado, chips e mais: 7 receitas para fazer na air fryer

bife á parmegiana é um dos pratos assados indicados pelo chef arrow-options
shutterstock
Bife à parmegiana é uma das opções apresentadas pelo chef que podem ser feitas de ambos os modos: frito ou assado

O iG Receitas conversou com o chef Hugo Rabello, do hotel Novotel São José dos Campos, e ele garantiu que parmegiana, tilápia e outros alimentos, tal como o pastel, podem ser feitos no forno ou na fritura. A vantagem de optar pelos pratos assados é usar nada - ou quase nada - de óleo, evitando respingos, riscos de queimadura e muitas calorias a mais no final. 

"[O preparo no forno] Garante um alimento mais saudável e com menos gordura. Todo alimento tem um teor de água em sua composição e, quanto maior este teor, maior será sua absorção de óleo quando imerso [caso da fritura], tornando-o mais calórico", explica o chef.

"O peixe, por exemplo, possui uma proteína muito boa com vários nutrientes e fibras, e o teor de água em sua composição é maior do que o da carne bovina. Desta forma, o filé de peixe frito certamente terá absorvido uma quantidade muito maior de gordura", exemplifica Rabello.

Por outro lado, os preparos no forno exigem um pouco mais de tempo.

4 receitas fritas em versões assadas e aprovadas

Há quem diga que os pratos fritos ficam mais crocantes ou saborosos, mas o chef mostra que não é bem assim. Rabello ensina quatro receitas de alimentos em que o preparo é comumente associado ao óleo quente  e fritura por imersão e que podem se tornar pratos assados sem perder o sabor. Veja:

Dadinho de tapioca

dadinho de tapioca de forno arrow-options
shutterstock

O petisco é leve, nutritivo e saudável, ainda mais se for feito no forno. Ele é uma boa opção para recepcionar os amigos e pode ser incrementado com geleia, queijo e outros ingredientes.

Bife à parmegiana

bife à parmegiana arrow-options
Divulgação/Novotel São José dos Campos

Muitas pessoas evitam fazer o clássico da culinária com frequência por conta da sujeira causada pela fritura, então, o chef apresenta uma alternativa para saborear o bife sem se preocupar com isso.

Supremo de frango empanado

supremo de frango empanado arrow-options
Divulgação/Novotel São José dos Campos

O frango empanado recheado é simples e prático de ser feito, e pode ser servido em qualquer ocasião. Hugo Rabello recomenda que a iguaria seja acompanhada por arroz sete cereais e purê de mandioca.

Tilápia

tilápia de forno arrow-options
Divulgação/Novotel São José dos Campos

Outro tipo de prato frito que pode ser feito assado é a tilápia. O peixe tem seus nutrientes mais preservados ao ser servido dessa forma, como um dos pratos assados .

Leia também: Como fazer frango empanado com cerveja e variar o cardápio


    Leia tudo sobre: receitas