Tamanho do texto

Chefs de restaurantes tradicionais de São Paulo vão preparar e servir sopa em Centro de Acolhida; Fábio Minato é o chef idealizador do projeto

Acontecerá nesta quarta-feira (7) o “Caldo dos Chef’s”, projeto que reúne chefs renomados para preparar um jantar solidário para cerca de 600 conviventes do Complexo Prates, Centro Temporário de Acolhimento CTA Prates III e da Casa Florescer, localizados no Bom Retiro, serviços da Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social (SMADS) de São Paulo.

Leia também: Beterraba, tomate, cenoura e mais: 9 receitas de sopa

sopa arrow-options
shutterstock
Projeto "Caldo dos Chef's" vai preparar sopa para mais de 600 pessoas em Centros de Acolhida em São Paulo

O “ Caldo dos Chefs ” foi idealizado foi idealizado pelo chef Fábio Minato , proprietário do restaurante japonês Minato. Ao iG Receitas , ele conta que a ação nos Centros de Acolhida tem como objetivo, além de alimentar, ensinar como manipular o alimento para aproveitá-lo ao máximo, sem desperdício.

“Sempre quis fazer alguma coisa no sentido de não desperdiçar e saber manipular de forma correta para não perder nutrientes e tudo o que o alimento pode oferecer. Nós brasileiros costumamos descartar toda aquela parte que não é bonita e que não está no corte padrão”, fala.

Minato, que morou no Japão por cinco anos, também quer ensinar a filosofia por trás da palavra japonesa “mottainai”, algo como “pesar em relação ao desperdício”. A intenção é propor uma nova forma de aproveitar partes de legumes e verduras que geralmente são descartadas, como caule. “Muitas vezes, são nessas partes que se concentram as vitaminas e nutrientes”, explica.

Fique bêbado e salve o mundo? Pub inglês pretende ser o mais ético do planeta

Fábio Minato arrow-options
Reprodução/Instagram
O chef Fábio Minato é o idealizador do projeto

Segundo o chef, ao aproveitar o alimento ao máximo, é possível alimentar mais pessoas – o que é uma das propostas do “Caldo dos Chefs”. Ele ainda conta que está há três meses estudando para executar o projeto da melhor forma e de uma maneira que se adeque às necessidades da população dos Centros de Acolhida .

E o chef não está sozinho na ação. Minato convidou outros colegas de restaurantes tradicionais de São Paulo para preparar o jantar solidário. São eles: Paulo Zegaib, do Dinho’s Restaurante, Silvia Perassi, da Vinheria Percussi, Marcos Rosa, da Pizza Chena, Leo Nory, da Noriyuki Sushi Bar e a sommelier Flávia Prado. Além disso, a Ceagesp que contribuirá com os alimentos necessários para a preparação da sopa.

Leia também: Temporada de caldos! 4 receitas de sopas para fazer no inverno
De acordo com Berenice Giannella, secretária da Assistência Social e Direitos Humanos e Cidadania, o " Caldo dos Chef's " contribui para aprimorar o trabalho socioeducativo feito com o público dos Centros de Acolhida. “Como consequência, haverá o aperfeiçoamento da jornada de autonomia, processo por meio do qual a pessoa em situação de rua pode conquistar independência após a passagem pelos serviços socioassistenciais”, relata.