Tamanho do texto

Dona do Chi Restaurante, em São Paulo, a ex-MasterChef conversou com o iG e ensinou a preparar o guioza, um prato típico da culinária chinesa; veja

Jiang Pu, ex-MasterChef e dona do Chi Restaurante, ensina o passo a passo do guioza de pernil de porco
Daniele Santos
Jiang Pu, ex-MasterChef e dona do Chi Restaurante, ensina o passo a passo do guioza de pernil de porco

Em 2015, a chef Jiang Pu conquistou a todos e ficou nacionalmente conhecida ao participar da segunda edição do reality culinário MasterChef Brasil, exibido pela Band. Em maio do ano passado, a chinesa realizou o sonho de abrir seu próprio espaço, o Chi Restaurante, em São Paulo, especializado em culinária oriental e que, entre tantas opções, traz em seu cardápio o guioza .

Em entrevista ao iG , Jiang explica que o guioza é um tipo de trouxinha chinesa recheada. “Pelas escrituras antigas, já possui mais de mil anos de existência. Ele pode ser preparado cozido, frito ou ao vapor”, diz.

Na China, na maioria das vezes, a massa é preparada com farinha de trigo. Porém, em algumas regiões onde não há produção desse ingrediente, os cozinheiros substituem por elementos locais. No litoral do país, por exemplo, usa-se massa de peixe com fécula de batata ou aveia chinesa moída.

O recheio, por sua vez, também varia conforme a região. No Norte, é comum usar cordeiro. Já no litoral, utiliza-se frutos do mar. Enquanto isso, no Sul e no Sudeste, as opções são os legumes e a carne suína.

Leia também: 8 curiosidades sobre o Ano Novo chinês

Uma das grandes vantagens desse prato é que ele serve como uma refeição completa, pois possui uma certa proporção de carboidrato, proteínas e vegetais - fibras, vitaminas e nutrientes, conforme ressalta Jiang. “Ele normalmente é feito utilizando carne suína, que é menos calórica que a carne bovina. O lombo e o filé mignon suínos, por exemplo, podem fazer parte das dietas de emagrecimento, pois exigem digestão lenta e prolongam a saciedade. Quando o cozinhamos no vapor, reduzimos a perda de nutrientes dos alimentos”, completa.

Origem

A chef conta que, segundo a lenda, o guioza foi criado pelo médico chinês Zhang Zhong Jing. No inverno, ao notar que os menos favorecidos tinham suas orelhas machucadas ou amputadas por causa do frio, ele inventou uma receita medicinal e distribuiu gratuitamente para a população.

Durante o preparo, o profissional cozinhou carne de cordeiro com ervas medicinais. A parte sólida, então, se transformou em recheio, que foi embrulhado em uma massa de farinha de trigo no formato de orelhas. Em seguida, foi servido junto com o caldo de cordeiro e as ervas.

Dessa forma, na época, a sopa contribuiu para ajudar na saúde da população e, assim, aumentar a circulação e fazer o corpo se esquentar. Com isso, as chances de queimaduras de frio diminuíram. “Logo depois, tornou-se um hábito consumir guioza no inverno”, relata Jiang.

Leia também: Jiang Pu fala de sua adaptação no Brasil e da paixão por cozinha

Passo a passo 

Agora que você já sabe a origem e a história do prato da culinária chinesa, chegou a hora de prepará-lo. A receita sugerida por Jiang Pu leva, em média, 1h30 para ficar pronta e rende 30 unidades. O modo de preparo não é tão simples, mas vale o esforço, pois o resultado, com certeza, irá impressionar pelo sabor.

Guioza do Chi Restaurante

Guioza do Chi Restaurante; confira a receita e se surpreenda com o sabor
Divulgação/Chi Restaurante
Guioza do Chi Restaurante; confira a receita e se surpreenda com o sabor



Ingredientes para a massa

  • 300 gramas de farinha de trigo
  • ½ xícara (chá) de água

Ingredientes para o recheio

  • 300 gramas de pernil suíno moído
  • 300 gramas de alga marinha picada
  • 4 colheres(chá) de cebolinha picada
  • 3 cogumelos shitake secos hidratados e picados
  • 3 colheres (sopa) shoyu
  • 2 colheres (sopa) de óleo de gergelim
  • Sal pimenta do reino

Para cozinhar

  • ½ xícara (chá) de água
  • 3 colheres (sopa) de óleo

Para o molho

  • 1 colher (sopa) de óleo de gergelim
  • 1 colher (sopa) de alho picado
  • 1 haste de cebolinha picada
  • 1 colher (sopa) de vinagre branco
  • Sal
  • Pimenta do reino

Modo de preparo

1.       Misture a farinha com a água para obter uma massa uniforme e deixe-a descansar em ambiente seco envolta em filme plástico, por uma hora;

2.       Enquanto isso, prepare o recheio, misturando todos os ingredientes;

3.       Enrole a massa em formato de cilindro com 3 (três) centímetros de diâmetro. Depois, a corte em disco de 1 (um) centímetro de espessura;

4.       Achate os discos com a mão e, em seguida afine-os com um rolo, formando círculos de massa fina;

5.       Coloque uma colher de recheio no centro, dobre a massa ao meio e feche-a bem, fazendo uma dobradura nas bordas;

6.       Transfira as trouxinhas para uma frigideira com a água e óleo. Deixe-as cozinhar com a tampa fechada até que a água seque e elas fiquem douradas na parte inferior;

7.       Enquanto isso, faça o molho. Em uma frigideira, aqueça o óleo de gergelim e salteie o alho e a cebolinha. Desligue o fogo e junte o vinagre, o sal e a pimenta. Misture tudo e reserve;

8.       Leve as trouxinhas do guioza à mesa ainda quentes, com o molho separado. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.