Vatapá, maniçoba e Tacacá do Quintal Paraense
Reprodução/Instagram/@quintalparaense
Vatapá, maniçoba e Tacacá do Quintal Paraense


O Quintal Paraense faz sucesso entre paulistanos que buscam uma comida típica da região Norte do Brasil. Hoje na Rua Augusta, o empreendimento começou no quintal de Karina Fonseca, na Casa Verde, bairro da Zona Norte de São Paulo. Ao iG Receitas, ela conta mais sobre a casa, dá dicas de preparo de comidas paraenses e fala dos clientes famosos. 

A história do Quintal surgiu de uma ideia bastante inusitada de Karina: a de abrir uma barraquinha na esquina de casa para vender tacacá. "Mas minha filha não aprovou essa ideia meio esdruxula", contou. Foi então que o restaurante começou a tomar forma e, ainda pequeno, ficava na casa onde Karina morava com o marido e as duas filhas, Íris e Úrsula, na Zona Norte da capital paulista.

Íris, Karina e Úrsula
Reprodução/Arquivo pessoal
Íris, Karina e Úrsula


Paraense, ela afirma que o apego à gastronomia e cultura é muito grande e que, com o Quintal, é possível matar um pouco da saudade de seu estado natal. 

Dicas e 'prato que treme'

Para preparar os pratos, Karina encomenda os ingredientes diretamente do Norte do país. Mas, segundo a empreendedora, é possível encontrar alguns deles em casas especializadas pela capital paulista.

Você viu?

Quintal Paraense serve açaí com farinha d’água e sem açúcar
Reprodução/Instagram/@quintalparaense

Quintal Paraense serve açaí com farinha d’água e sem açúcar

O tacacá é o prato mais pedido do restaurante, seguido pelo açaí com farinha -- no Pará, a fruta é comida como acompanhamento de refeições salgadas. Outra especiaria típica do norte que também chama muito a atenção e gera curiosidade é o jambu, que faz com que as comidas "tremam".

"Ele uma propriedade que deixa a nossa língua, as pupilas, literalmente tremendo. É uma hortaliça, da família do agrião, e tem esse potencial de deixar a língua tremendo, o que é uma sensação diferente. Tem também outras propriedades, como ser afrodisíaco", explica Karina.

Se você ainda é novato neste mundo da culinária paraense, Karina indica que comece a aventura pelo vatapá, que é mais suave. "O tacacá eu dou para provar, mas nem todos estão preparados para o seu sabor autêntico", diz.

Para acompanhar a refeição, o Quintal também serve bebidas típicas, como sucos e drinks alcoólicos feitos com a jambuzeira, uma cachaça feita com o jambu.

Selo Gretchen de qualidade

Maria Odete Brito de Miranda, a Gretchen, rainha do rebolado -- e dos gifs mais divertidos da web -- é cliente fiel do Quintal.  A artista é casada com o saxofonista Esdras de Souza, que é paraense. "Eles vem às vezes por São Paulo, ela disse que nos achou pelo Google, nos mandou mensagem e virou cliente!", conta Íris Leite, a filha de Karina, que ainda revelou que o prato preferido da dançarina é açaí com peixe frito.

Para não perder as novidades -- e delícias -- do Quintal Paraense, você pode seguir o restaurante no  Instagram e ficar de olho em seu  cardápio .


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários