A costela de porco é tão gostosa que só de olhar as fotos dessa matéria já ficamos com água na boca. Mas preparar e fazer em casa, aí já é outra coisa... Chegar no ponto correto e no sabor ideal é bem difícil. Mas, com alguns truques fáceis de especialistas você pode fazer a melhor costela sem dificuldade e impressionar geral com as suas habilidades culinárias.

costela
shutterstock/Reprodução
Aprenda como fazer uma costelinha suculenta e bem gostosa com esses truques


Conversamos com os chefs André Palma e Paulo César de Almeida para contar as melhores dicas para fazer costela de porco, desde a compra até os temperos! 

Como escolher a costela?

costela
Pixabay
A costela de porco deve ser escolhida com atenção. Veja como.


Com muita gordura, com pouca, com mais carne ou mais nervos, há uma grande variedade de costelas de porco. Isso pode atrapalhar um pouco na hora do preparo. Segundo Paulo, o melhor é pegar uma costela com mais carne, mas sem abrir mão da gordura. "Bem carnuda na parte superior e com uma capa de gordura de no máximo um centímetro e meio", diz.

Para André, o porco deve ser robusto, com uma quantidade de carne boa para render. "Outra dica é escolher uma costela rosada, uma carne viva. Assim você nota que ela tem uma boa origem. As mais opacas devem ser desprezadas", afirma.

Qual o melhor método para fazer a costela?

costela
shutterstock
Você pode fazer no forno ou churrasqueira. O melhor é fazer por um longo tempo. em fogo baixo


Há diversos modos para preparar a costela de porco, tanto na churrasqueira quanto no forno. "Se for no forno, deve ser feita em baixa temperatura por um tempo mais longo, vindo de uma marinada e fechando hermeticamente o refratário com papel alumínio para ter uma costela úmida, suculenta e saborosa", afirma André.

Paulo ainda indica outros métodos de fechar o refratário: "você pode utilizar plástico celofane ou saco de assar na primeira hora e meia, depois pode tirar para finalizar", diz.

Quais os melhores temperos?

temperos
Pixabay/westerper
Fazer uma boa marinada é uma ótima opção


Nada de ficar no básico do limão, sal e alho. Os chefs indicam utilizar temperos diferentes e que dão um sabor mais defumado e característico à costela. "Utilize dry rub, específico para carnes e temperos secos para que penetrem na carne durante a cocção", diz Paulo César.

Os mais indicados por André dão um maior aroma. "Faça um bouquet garni com ervas aromáticas ou utilize somente alecrim, alho e anis-estrelado, vai da sua preferência. Indico uma boa marinada para deixar a carne por 12 horas, com tomilho combinado com folha de louro, alecrim, alho amassado com casca, vinho branco e suco de laranja. Sem esquecer da pimenta-do-reino ou dedo de moça", diz.

E os melhores acompanhamentos?

batatas
Reprodução
Uma ótima opção é utilizar batatas e carboidratos


Uma boa batata, arroz e outros acompanhamentos são ótimos com costela. Paulo César indica utilizar alimentos variados. "Legumes com carboidratos e molhos cítricos para equilibrar com a gordura da costela e o sabor pesado", diz.

"Aqui no nordeste é tradicional utilizar um bom feijão de corda, uma boa vinagrete, farofa. Vai muito da região, mas você pode até fazer um porco atolado com esta costela, utilizando mandioca picada na pressão", aponta André.

Qual o ponto correto da costela de porco?

costela
shutterstock/Reprodução
O ponto perfeito é quando a carne solta facilmente do osso


Se você escolheu e temperou a costela direitinho, você está a um passo de degustar essa maravilha na sua casa. Agora vem a parte de saber se ela já está no ponto. Os dois chefs indicam a melhor referência para saber se a costela está perfeita é quando a carne está soltando do osso facilmente depois de pelo menos duas horas no forno ou pressão.

Receitas de costela de porco

Anotou as dicas? Então corra para a cozinha e prepare a costela de porco perfeita em casa! Veja algumas receitas para se inspirar e aproveite.

Série "Não Erre"

As dicas e receitas para o preparo da costela de porco fazem parte da série "Não Erre", publicada todas as quintas-feiras no iG Receitas. A ideia é dar dicas para acertar no preparo de pratos simples do nosso dia a dia, doces ou salgados. Veja o que já foi assunto da nossa série no infográfico abaixo: 


    Veja Também

      Mostrar mais