Tamanho do texto

Saiba como descongelar, temperar e preparar o prato principal da sua ceia

O Natal está se aproximando e já é hora de começar a planejar os pratos que serão servidos na ceia. Em muitas famílias, o peru é a estrela do jantar, acompanhado de arroz, farofa e outras comidas natalinas. Como o preparo da ave leva algumas horas, dominar algumas técnicas é importante para otimizar o processo e garantir que nada dê errado no preparo.

Leia também: 15 assados perfeitos para o Natal

peru de natal arrow-options
shutterstock
Tradicionalmente, o peru é o prato principal da ceia de Natal

Para te ajudar na missão da ceia sem erros, o iG Receitas consultou duas profissionais sobre como fazer peru de Natal. Elas ensinaram como descongelar, temperar, assar e servir a ave, além de revelar alguns segredos que fazem toda a diferença no resultado.

Como fazer peru de Natal?

Confira abaixo técnicas e dicas de como fazer peru de Natal sem erros:

Escolhendo o peru

peru descongelado arrow-options
shutterstock
O tamanho médio do peru varia entre 4 kg e 5 kg, suficiente para uma ceia onde aproximadamente 15 pessoas vão comer

Elen Ribeiro, nutricionista da Água Doce Sabores do Brasil, explica que o peru mais comum nos mercados é o médio, que pesa entre 4 kg e 5 kg. Este costuma ser o tamanho ideal para a maioria das famílias, já que serve aproximadamente 15 pessoas. “Mas, como ele não será o único prato da mesa, esta conta pode ser arredondada para cima e chegar a 20 convidados comendo peru”, fala.  

Além de se atentar ao tamanho da ave, outros pontos merecem cuidado especial. Miriam Chagas, culinarista de Receitas Nestlé, lembra para sempre verificar se a temperatura do freezer local de compra está adequada. Caso contrário, há acúmulo de água ou gelo na embalagem, indicando que houve um descongelamento. “Confirme se a embalagem não tem nenhuma avaria, o que pode prejudicar a qualidade da carne”, recomenda.

Como descongelar o peru

A nutricionista ensina que o método correto para descongelar o peru é tirá-lo do freezer 24 horas antes do preparo e deixá-lo sozinho, com embalagem e tudo, dentro de uma bacia na geladeira.

Elen fala para esquecer os truques antigos de deixar o peru debaixo da água corrente ou, pior ainda, em uma bacia sob o sol. “Estas soluções são anti-higiênicas e podem contaminar a carne. Não há processo acelerador para o descongelamento. Por isso, faça com calma e cuidado para não comprometer a qualidade do produto em questão”, pontua.

Leia também: Ceia de Natal em casa: saiba como organizar tudo sem passar estresse

Como preparar o peru de Natal

temperando o peru arrow-options
shutterstock
Fazer um tempero caseiro é a melhor forma de preparar o peru; é possível usar ervas, limão e até vinho

Após descongelar, é hora de começar o preparo do prato. “Jamais tempere um peru congelado, pois os temperos não irão grudar na carne”, fala Elen. Segundo ela, para que a carne fique bem saborosa, deve começar a ser preparada na véspera da ceia - ou seja, separe dois dias para o preparo, um para ter tempo de descongelar a carne e outro para que ela realmente "pegue" o tempero.

A nutricionista ainda sugere optar pela compra da ave sem temperos, já que o tempero caseiro é mais saboroso e você pode fazer de acordo com a sua preferência.

Em relação a como temperar o peru , Elen fala que a melhor opção é a marinada, técnica que consiste em deixar alimentos de molho em uma mistura de temperos. Abaixo, ela ensina como fazer isso:

Ingredientes

  • 2 litros de água
  • 1 litro de vinho branco seco
  • 5 dentes de alho esmagados
  • 6 folhas de louro
  • 4 ramos de alecrim ou tomilho frescos
  • 2 talos de salsão/aipo em rodelas grossas
  • 1 cebola cortada em 4 partes
  • 1 cenoura em rodelas
  • 10 cravos da Índia
  • 1 laranja (suco e casca)
  • 1 xícara de sal
  • ½ xícara de açúcar mascavo

Modo de preparo:  coloque os líquidos (a água, o vinho e o suco de laranja) em um recipiente grande, junte o sal e o açúcar e mexa para dissolver. Acrescente o restante dos temperos, coloque o peru nessa mistura e envolva. Cubra com plástico filme e deixe na geladeira por 24 horas, virando a ave a cada 4 horas para garantir que pegue o tempero por igual.

Se você optar pela comodidade de comprar o peru já temperado, ainda assim é possível dar um toque especial. Miriam sugere rechear a ave com farofa ou usar frutas, ervas e outros temperos caseiros para complementar.

Abaixo, algumas receitas de peru:

Carne macia e crocante sem ressecar

peru de natal sendo cortado arrow-options
shutterstock
O segredo para conseguir um peru macio é regar a carne de hora em hora com o caldo da forma enquanto assa

Conseguir uma carne macia, crocante e sem ressecar é o grande desafio na hora de preparar o peru. Segundo a culinarista, o segredo está em cozinhar a ave nas primeiras horas (3/4 do tempo) regando-a com o próprio caldo formado na assadeira de hora em hora.

“Isso deixará sua carne mais macia e úmida, podendo completar o caldo com pouco de água”, fala Miriam. Nesse momento, lembre-se de assar a carne coberta com papel alumínio – o lado brilhante deve ficar para dentro.

Para deixar a casquinha crocante, sem ressecamento, Elen fala que a dica é dourar a pele do peru. “Para isso, retire o papel alumínio, e, com um pincel de cozinha, besunte a ave generosamente com manteiga. Você vai precisar dar um ‘retoque’ na manteiga e regar a ave com o caldo a cada 30 minutos até que o termômetro que vem no peru salte”.

Como saber se já ficou pronto?

A maioria das peças compradas no mercado vem com um dispositivo que sinaliza quando estiver assado. Caso contrário, Miriam fala que é só checar se a carne está bem branquinha por dentro e dourado por fora.

Leia também: Quer fazer bonito na ceia de Natal? Veja dicas para montar uma mesa impecável

Acompanhamentos e apresentação

peru arrow-options
shutterstock
O peru pode ser servido cortado ou inteiro na hora da ceia, acompanhado de frutas e legumes assados, além de ervas

O peru pode ser servido inteiro ou fatiado. Se optar por servir inteiro, é importante garantir que ele não “abra” e desmonte enquanto assa. Para isso, a técnica é amarrar as coxas da ave com um barbante de uso culinário ou linha de costura. Lembre-se de retirar o fio antes de servir.

Como acompanhamento, elas sugerem farofa, arroz, salada, batatas, legumes e frutas assadas.

Série “Não erre”

As dicas de como fazer peru assado de Natal são parte da série "Não erre", publicada toda quinta-feira no iG Receitas . São reportagens especiais com dicas para simplificar o preparo de pratos. Navegue pelo infográfico abaixo e veja tudo o que já ensinamos por aqui:


    Leia tudo sobre: receitas