Tamanho do texto

Temperos dão um toque especial à comida e são benéficos para a saúde

Os temperos são essenciais em toda refeição e, além de deixarem os pratos saborosos, também colaboram com a saúde. Muitas especiarias atuam no combate às gases e ajudam a fortalecer o sistema imunológico, por exemplo.

Leia também: Goiaba vermelha, batata-doce e pepino estão mais baratos esta semana na Ceagesp

temperos arrow-options
shutterstock
Os temperos são essenciais nos alimentos, e tem especiarias que não podem ficar de fora da cozinha


As variedades de temperos que estão presentes no Brasil contribuem para tornar a nossa culinária ainda mais rica e saborosa – e tem condimentos que não podem faltar nas cozinhas pelo país afora. A chef Bianca Folla relata quais são eles e onde cada um atua melhor.

1. Cúrcuma

cúrcuma arrow-options
shutterstock
A cúrcuma, também conhecida como açafrão da terra, é da mesma família do gengibre e é usado para colorir os alimentos


A cúrcuma – ou açafrão da terra – é vendida em pó e usada para colorir alimentos. A planta é da mesma família que o gengibre e, de acordo com Bianca, pode incrementar alimentos como o arroz.

2. Alecrim

alecrim arrow-options
shutterstock
O alecrim tem um aroma que se destaca e é usado, principalmente, para dar mais sabor a carnes, pães e legumes


Para a chef, a erva é uma das ervas mais aromáticas que existe. Seu uso é comum na culinária mediterrânea, no tempero de pães, legumes, carne suína e aves. Além de dar um sabor especial na comida, o alecrim ajuda a diminuir a pressão arterial e o estresse e também atua como diurético, sendo ótimo para o sistema digestivo,

3. Canela

canela arrow-options
shutterstock
Em pó ou em pau, a canela é uma das especiarias indispensáveis na culinária brasileira, em especial nos doces


Canela se destaca pelo aroma forte e pode ser usada em pau ou em pó. A especiaria é bastante utilizada nos doces, mas também pode integrar o mingau e outros alimentos à base de leite. Como benefício, a canela proporciona sensação de saciedade, combate problemas respiratórios e tem ação anti-gases.

4. Cardamomo

cardamomo arrow-options
shutterstock
O cardamomo é bem característico da Índia, e pode ser usado de variadas maneiras nos alimentos


Esse tempero é característico da culinária indiana. As sementes do cardamomo podem ser usadas para preparar doces e pães, além de serem úteis ainda para marinar carnes e dar mais perfume ao café, conforme explica Bianca.

5. Colorau

colorau arrow-options
shutterstock
Com um tom bem avermelhado, a marca do colorau é ser suave e levemente adocicado, tornando molhos mais saborosos


Colorau é obtido por meio das sementes de urucum – por isso também pode ser conhecido por esse nome. A especiaria é suave e levemente adocicada e, devido a cor bem avermelhada, é bastante consumida em carnes e molhos. Sua ação anti-inflamatória e antioxidante, além da ajuda na digestão, faz o colorau integrar a lista de temperos indispensáveis.

Leia também: De leite, pão, com ou sem furinhos: 9 receitas de pudim para adoçar sua vida

6. Cominho

cominho arrow-options
shutterstock
Encontrado de diversas maneiras que se encaixam em qualquer ocasião, o cominho é mais usado em ensopados


O cominho tem variedades no modo como pode ser encontrado. A chef diz que tem em grão, moído, em pó ou em óleo essencial. Ele é frequentemente utilizado para proporcionar mais sabor e aroma às receitas de ensopados e pratos como barbecue, curry indiano e chilli, e pode compor até o chá. Bom para o sistema imunológico, o cominho atua no combate à pressão alta.

7. Curry

curry arrow-options
shutterstock
Com um tom amarelo e aroma forte, o curry pode ser utilizado no preparo de aves, molho de tomate e em ensopados


Já o curry é, de acordo com Bianca, perfeito para dar um sabor especial aos ensopados, aves e até molho de tomate. Isso porque ele contém muito aroma, mas não é picante. Sua composição é uma mistura de temperos: gengibre, pimenta dedo-de-moça, pimenta vermelha, canela em rama, cominho, pimenta-do-reino, cardamomo, cravo, erva-doce, cúrcuma e coentro em grãos.

8. Lemon pepper

lemon pepper arrow-options
shutterstock
A chef diz que o lemon pepper é o tempero da moda no momento. As raspas de limão destacam o sabor das comidas


O lemon pepper é a especiaria da moda. Recomendado para temperar aves, peixes e saladas, ele é resultado de uma mistura de pimenta do reino e raspinhas de limão siciliano.

9. Louro

folha de louro arrow-options
shutterstock
As folhas de louro são tradicionais nas cozinhas brasileiras e seu consumo é mais frequente em feijões e feijoadas


Para a chef, o louro é indispensável na hora de preparar o tradicional feijão das refeições. A erva tem um aroma forte e também pode ser implementada na marinada de carnes vermelhas e suínas.

10. Noz-moscada

noz-moscada arrow-options
shutterstock
Noz-moscada é, como o cardamomo, tradicional na culinária da Índia. Para Bianca Folla, é melhor usar em carnes e aves


Assim como o cardamomo, a noz-moscada é bem frequente na culinária indiana. O sabor adocicado unido ao perfume forte destaca o gosto de carnes como as aves. Ela combina também com purês de legumes e receitas com queijos e leite, além de doces compotas de frutas. Funciona como bom digestivo, diurético e ótimo anti-inflamatório gastrointestinal.

11. Páprica

páprica arrow-options
shutterstock
Páprica é um pimentão moído e tem em várias versões: doce, picante ou defumada. Ela se encaixa em qualquer ocasião


A páprica é composta por meio do pimentão seco e moído e muito usada para dar cor à carnes e sopas. Ela pode ser encontrada em versão doce, picante ou defumada e colabora com a prevenção de alguns tipos de câncer e no tratamento de doenças autoimunes. Além disso, tem função estimulante, antisséptica e anti-gases.

12. Pimenta-do-reino

pimenta-do-reino arrow-options
shutterstock
O sabor picante da pimenta-do-reino dá um toque especial. Ela tem várias cores, que mudam de acordo com a época do ano


Ela é uma das mais antigas e conhecidas especiarias do mundo e dá um sabor picante e especial aos pratos. Pode ser encontrada em diversas cores: verde, vermelha, branca e preta. A cor varia de acordo com a época em que ela é colhida. Ao contrário do que muitos pensam, a pimenta-do-reino também proporciona benefícios para a saúde, como ajudar o organismo a absorver os nutrientes e facilitar a digestão.

13. Tomilho

tomilho arrow-options
shutterstock
Tomilho pertence a mesma família do hortelã e pode ser melhor utilizado em pratos assados, como é o caso das aves


As folhas frescas ou secas do tomilho compõem o tempero de molhos e dão um toque especial aos assados, principalmente de aves. O tomilho é da mesma família do hortelã.

14. Zimbro

zimbro arrow-options
shutterstock
Ainda pouco conhecido nas cozinhas brasileiras, o zimbro ajuda a digerir melhor as gorduras e melhora a respiração


Bianca explica que o zimbro ainda é pouco conhecido, mas fica muito bom se utilizado no preparo de carnes e feijões. O grão colabora com a digestão de gorduras e melhora o sistema respiratório.

Leia também: Camarão, alho-poró e mais! Aprenda a fazer sete receitas de risoto

Além desses temperos , existem muitos outros disponíveis na culinária brasileira. A chef aconselha a encontrar as especiarias que você mais gosta e não ter medo de experimentar combinações novas.

    Leia tudo sobre: receitas