Tamanho do texto

A cidade do Porto é a segunda maior de Portugal ¿ a primeira é Lisboa ¿ e foi lá que um vinho se tornou um dos mais conhecidos e figura entre os notáveis do mundo: o vinho do Porto

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=comida%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237535061050&_c_=MiGComponente_C

Tudo começou com a exportação de vinhos de Portugal para a Inglaterra que a longa viagem de navio, fazia com que grande parte estragasse. Então, alguns passaram a receber certa quantidade de aguardente vínica, uma vez que a alta graduação alcoólica retarda a ação das bactérias, tornando-se assim um vinho fortificado. Os ingleses, descobrindo essa maravilha, viraram seus defensores e passaram representar grandes marcas: Grahams, Cockburn, Croft, entre outras...

As uvas para a produção do vinho do Porto são provenientes da região do Douro, que possui solo de xisto e granito (tipos de pedra), responsáveis pela boa drenagem da terra, ao mesmo tempo em que obriga a videira a aprofundar suas raízes por até 20m na busca por nutrientes em meio às fendas rochosas.

Para a produção dos tintos, as uvas usadas são: Tinta Barroca, Tinta Roriz, Tinto Cão, Touriga Francesa ou Franca e Touriga Nacional.*
Já para os Brancos (sim, existe vinho do Porto Branco) utiliza-se a Códega, Gouveio, Malvasia Fina, Rabigato e Viozinho .*

Existem mais de dez estilos diferentes de Porto, mas não há dúvida de que o mais badalado e caro é o VINTAGE. Para ele são destinadas as melhores uvas das melhores regiões e vinhedos. Sua produção acontece somente em anos excepcionais e, por isso, o rótulo tem safra declarada.

Tipos e duração das garrafas depois de abertas

- Branco = dura de semanas até meses;

- Ruby e Young Tawny = de duas semanas a três meses;

- Aged Tawny = de um mês a um ano;

- Colheita = de um a seis meses;

- Vintage Character = de duas semanas a quatro meses;

- Late Bottled Vintage (LBV) e Crusted = de uma semana a dois meses;

- Traditional Late Bottled Vintage = de um dia a duas semanas;

- Vintage, Single Quinta Vintage e Garrafeira (nestes casos depende tanto da idade quanto da delicadeza) = de um dia para os Portos Velhos e delicados, até duas semanas para os mais novos e robustos.

Vale ressaltar que o tipo de Porto sempre estará registrado no rótulo e que, a partir do momento em que a garrafa é aberta, um processo de oxidação¹ se inicia, para minimizar tais efeitos prolongando a vida do vinho, mantenha-o na geladeira ou na adega. Saiba que o sabor se altera de acordo com o tempo para o consumo total da garrafa.

O grande parceiro gastronômico do Porto é o chocolate, preferencialmente os meio amargos e amargos, que amenizam o doce do vinho e vice versa. Prove com um Petit gateau ou com Profitelores... Hummmmm!!!

DICAS: Porto Ferreira Ruby; Grahams 10 Years Old Tawny; Porto Vintage Magalhães 2000. (Todo Porto legítimo é Português, por ser uma região registrada/demarcada). 

* Uvas autóctones, ou típicas da região. Portugal tem um leque riquíssimo de uvas próprias.

¹ Oxidação: causada pelo oxigênio fazendo com que o vinho tenha seu aroma e cor alterados de acordo com a exposição.

Homenagem póstuma: Na madrugada desta terça-feira, 10/02) o mundo do vinho perdeu um personagem importante, Ângelo Salton Neto. Terceira geração de uma companhia familiar da qual se tornou diretor-presidente aos 29 anos, sendo o grande responsável pelo salto qualitativo dos vinhos Salton, fez de sua vinícola a maior do Brasil, mas não perdeu a simpatia e o carisma.

Ele dizia que era um homem feliz. Mas, na verdade Ângelo felizes somos nós que tivemos a oportunidade de conhece-lo. (Marcia Gombos e equipe Tout du Vin).

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.