Tamanho do texto

Os sinos pequeninos de Natal já bateram... Então é hora de saber tudo o que as castanhas têm para oferecer de melhor

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=comida%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237535045945&_c_=MiGComponente_C

Acordo Ortográfico

As castanhas são frutos oleaginosos que incluem as nozes, amêndoas, avelãs, pistaches, as típicas portuguesas, de caju, do Pará e diversas outras. Nós costumamos encontrá-las agora, na época que antecede as festas de final de ano, mas a verdade é que essas frutas são carregadas de nutrientes que trazem vários benefícios à saúde o ano todo ¿ como gorduras mono insaturadas e polinsaturadas, vitaminas e minerais. E já que estamos em época, aposte firme nas castanhas, pois isso será um belo presente de Natal para o seu organismo.

História
Estudos dão conta de que os principais tipos de castanhas teriam surgido na Ásia, na região européia dos Bálcãs e do Cáucaso, primeiro com as civilizações orientais e depois com as ocidentais há cerca de 4 mil anos. Gregos e romanos foram grandes apreciadores de castanhas, assim como os árabes e diversos povos da Idade Média.

Durante esse período, aliás, mosteiros e abadias eram os lugares onde os religiosos utilizavam muito as castanhas, inteiras e moídas, para criar receitas. Com o Renascimento, a culinária ganhou notoriedade ¿ e foi aí que diversas castanhas ganharam ares de alimento requintado. Na França, por exemplo, surgiu o marrom glacê, doce feito com castanhas portuguesas assadas e adoçadas.

Características
A maioria das castanhas são bastante ricas em vitamina C e as do complexo B ¿ e contêm ainda boa quantidade de potássio, cálcio, fósforo e ácido fólico. Consideradas hoje em dia tanto um componente saudável e saboroso para diversas receitas doces e salgadas quanto um lanche rápido e prático, as castanhas constituem um complemento alimentar muito nutritivo. Cozidas, assadas ou na forma de farinha, elas são mais populares no inverno do Hemisfério Norte ou nas festas natalinas do Hemisfério Sul.

Nutrição
As nozes, por exemplo, são famosas por conter uma grande quantidade de calorias, mas também é daí que vem sua fama de ótima fonte de energia. Além disso, as nozes contêm muita vitamina E, potássio e proteína vegetal. Já a castanha-do-Pará fornece o selênio, que é antioxidante, além de magnésio e ácido graxo ômega 3, benéficos para a saúde de várias formas. Avelãs e amêndoas também são ricas em potássio e vitamina E, e contêm boas quantidades de cálcio.

As castanhas só precisam ser consumidas com moderação por causa das calorias. Dez unidades de castanha-do-Pará, por exemplo, têm 273 calorias.

Veja outras quantidades
10 unidades de amêndoas: 129 calorias
10 unidades de castanha-de-caju: 166 calorias
10 unidades de nozes: 184 calorias
10 unidades de pistache: 40 calorias
10 unidades de castanha portuguesa crua: 194 calorias

Como comprar
A data de validade para castanhas compradas em supermercados é essencial (e mesmo naquelas vendidas a granel, o vendedor tem que fornecer a data de validade). No momento da compra, deve-se observar o estado da pele, que deve ser brilhante e intacta (sem cortes ou furos) e com cheiro fresco.

Armazenamento
Para conservar em casa, as castanhas de todo tipo devem ser guardadas em local bem arejado e seco. É importante que não sejam comprimidas, amassadas, devendo estar bem soltas entre si, para que não fiquem rançosas logo.

Dicas de mestre
- Tirar pele de amêndoas e avelãs, conforme muitas receitas pedem, não é nada fácil. Ou melhor, é: antes de usar, torre-as levemente no forno quente até dourá-las e depois coloque-as em um pano de prato limpo. Dobre-o sobre as avelãs e esfregue com firmeza. A pele sai todinha;

- A quantidade de selênio na castanha-do-Pará é tão grande que apenas uma unidade supre as necessidades diárias do corpo;

- Em Portugal, país que é grande produtor desse tipo de alimento, existem castanheiros com cerca de 600 anos de idade. Essa árvore, muito bonita, pode atingir até 30 metros de altura.


Leia mais sobre: castanha

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.