Tamanho do texto

Em julho começa a época da alcachofra. Antes de sair por aí atrás dessa delícia, veja tudo o que você precisa saber sobre ela!

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=comida%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237535078740&_c_=MiGComponente_C

Que a alcachofra é deliciosa não é nenhuma novidade. Mas você sabia que ela também é ótima para o organismo? Aproveite que entre os meses de julho a novembro é época da colheita para conhecer tudo sobre esse alimento e preparar receitas deliciosas!

História

Não se sabe exatamente onde ela nasceu, mas é certeza que a alcachofra tem origem mediterrânea ¿ talvez no sul da Europa, pois há indícios de que na Grécia Antiga teria sido cultivada como flor decorativa. No século 12, já era possível encontrar cultivo dessa planta na região da Itália , e três séculos mais tarde ela se tornou comum na cidade de Nápoles.

Da Itália, a alcachofra migrou para a França , pelas mãos de Catarina de Médici, rainha consorte francesa, uma grande apreciadora do vegetal. A alcachofra sempre teve, aliás, esse respaldo real : era encontrada, por exemplo, no jardim inglês do rei Henrique VIII, outro fã de seu sabor. Com os imigrantes europeus, a alcachofra chegou à América no século 19.

Por aqui, encontrou solo fértil no Brasil ¿ onde nasce com uma coloração arroxeada, ao contrário dos países que ainda a cultivam em larga escala, como França, Itália e Espanha , onde apresenta um tom mais verde.

Características

A alcachofra (de nome científico Cynara scolymus) é um vegetal herbáceo perene e típico de clima temperado , com um fruto que apresenta folhas dispostas em formato de roseta. As partes comestíveis da alcachofra são chamadas brácteas, mas conhecidas no popular por escamas ou pétalas (que apresentam uma camada carnuda na extremidade) e são unidas a um receptáculo também comestível (o famoso fundo de alcachofra ).

Nutrição

Rica em vitaminas do complexo B, vitamina A e minerais como ferro, cálcio e fósforo, a alcachofra é pura saúde . Ela contém um elemento chamado ciarina, que é excelente como regulador do fígado e da vesícula.

O vegetal estimula também a digestão , combate a prisão de ventre e ajuda a liberar glicose no sangue aos poucos, o que é ótimo para controlar o apetite . Outra razão pela qual a alcachofra é perfeita para a dieta regular é que cada 100 gramas dela contém apenas 50 calorias ¿ e zero colesterol .

Como comprar

Ao escolher alcachofras é importante verificar se ela tem bom peso e reparar bem nas folhas, o melhor indicativo de qualidade . Elas precisam estar saudáveis, grandes e firmes, com cor acentuada, sem estar velhas ou ressecadas.

Como armazenar

Alcachofras são vegetais um pouco delicados e, preferencialmente, devem ser compradas e consumidas em questão de um ou dois dias. Na geladeira, ficam bem por até três dias, mas depois começam a murchar e perder o sabor.

Dicas de mestre

- Os fundos de alcachofra podem ser usados em uma variedade incrível de receitas: risotos, recheio de massas, acompanhamento para carnes, gratinadas, em saladas... É versatilidade que não tem fim;

- A aparência da alcachofra pode assustar um pouco cozinheiros amadores, mas não é pra tanto. Para prepará-la, o modo mais simples é colocar na panela de pressão, com dois dedos de água e uma pitada de sal. Em 10 ou 12 minutos, ela está pronta para ser degustada com um molho de azeite, sal e vinagre ¿ mergulhando as folhas levemente nele e jamais esquecendo o fundo, que surge logo depois de descartar os espinhos internos.

Leia mais sobre: alcachofra

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.