Tamanho do texto

Conheça as propriedades, uso e curiosidades relacionadas a esta erva

Segurelha
Nome científico: Satureja Hortensis/Satureja Montana

Apresentação

A segurelha pertence ao gênero Satureja, que compreende cerca de 30 espécies. Segurelha de verão (S. hortensis) e segurelha de inverno (S. montana) são as mais conhecidas. Esta última tem um sabor mais pesado, perene, enquanto que a de verão é doce e mais delicada. As folhas da segurelha de inverno, de sabor semelhante ao tomilho, mas mais picantes, são apreciadas na cozinha como condimento. As folhas são vendidas frescas ou desidratadas.

Usos

Segurelha tem um sabor maravilhosamente picante e traz uma incrível harmonização com os alimentos leves, sem dominá-los. Tanto o bouquet garni como a clássica mistura "fine herbes" contém segurelha. Pode ser picado bem fininho e acrescentado aos ovos mexidos e omeletes. Feijões, ervilhas e lentilhas também se beneficiam da adição da segurelha, em praticamente todas as situações. Seu sabor marcante se mantém durante cozimentos de longa duração, tais como sopas. Condimenta carnes em geral, especialmente de peixe e aves. Aromatize vinagre com segurelha.

Curiosidades

Segurelha tem a reputação de ser um afrodisíaco. A origem do seu nome em latim, Satureja, foi atribuída ao escritor romano Plínio e a palavra foi derivada de "sátiro", o metade-homem, metade bode com um apetite sexual insaciável. De acordo com a sabedoria, o sátiro viveu em prados de segurelha e foi a erva que o fez apaixonado. A segurelha foi um substituto para temperos como sal e pimenta na Alemanha da Segunda Guerra e, por isso, desempenha um importante papel na culinária do país até hoje.

Nomes em outras línguas

Inglês: savory

Italiano: santoreggia montana

Francês: sarriette