Tamanho do texto

O tradicional quitute com sotaque francês vai bem com todo tipo de recheio. Confira receitas e, se preferir, invente a sua

A quiche de bacalhau da Deli 43, no Rio de Janeiro, tem sotaque português
Fábio Rossi/Divulgação
A quiche de bacalhau da Deli 43, no Rio de Janeiro, tem sotaque português
“Uma torta aberta recheada com uma mistura de ovos batidos, creme de leite e pedaços de bacon.” Assim a quiche é descrita na enciclopédia culinária Larousse Gastronomique. Mas essa é a receita tradicional, a Lorraine, criada na França, na região que a batiza. A simples tortinha aceita recheios variados e é sucesso no mundo todo.

Elas estão em toda parte. Em restaurantes, cafés e até em vitrine de padarias. E são servidas em tamanho coquetel, individual ou grande. Quem a vê assim, em quase toda esquina e com tantos formatos, nem imagina a tradição que ela carrega. Mas a quiche existe desde o século XVI, quando ainda era preparada com base de pão.

Leia também: Três sanduiches com sotaque francês

Quiche de queijo de cabra com tomate cereja é receita do bufê Arroz de Festa, em São Paulo
Divulgação
Quiche de queijo de cabra com tomate cereja é receita do bufê Arroz de Festa, em São Paulo
Na versão moderna, o recheio cobre uma massa tradicional (de farinha e ovos) ou folhada. Outra grande diferença das tortinhas de hoje é o recheio, que ganhou outros sabores e cores. Cogumelos, legumes, cebola, embutidos, frutos do mar: tudo isso pode aparecer na receita, desde que acompanhados de ovos batidos e leite ou creme de leite. Fica gostosa com salada e vale por uma refeição completa.

Com as dicas do chef Lindomar Bezerreira, do paulistano Le Tire-Bouchon o preparo em casa vai ficar ainda mais fácil. Capriche no recheio e bon appetit!

CURTA O IG COMIDA NO FACEBOOK E SIGA NO TWITTER

Dicas de chef para variar a quiche:

- Queijo, creme de leite, leite e os ovos são base para qualquer recheio.

- Leite deve ser sempre misturado ao creme de leite, para uma torta mais leve.

- Desde que não soltem muita água, como o tomate, todos os ingrediente vão bem no recheio.

- É importante assar primeiro a massa. Como o tempo de cozimento do recheio é bem rápido, assim você garante que ninguém coma massa crua.

- Para saber se o recheio está cozido, basta colocar um palitinho. Se sair sem resíduos, está pronto.

RECEITAS

QUICHE DE BACALHAU DA DELI 43

QUICHE LORRAINE

QUICHE INTEGRAL DE ABOBRINHA, RICOTA E AZEITONA

QUICHE DE CEBOLA CARAMELADA

QUICHE DE ABOBRINHA COM BACON

QUICHE DE QUEIJO DE CABRA E TOMATINHOS

MINIQUICHE DE TOMATE COM QUEIJO DE CABRA

QUICHE DE CENOURA E MANJERICÃO

Leia também: Viagem gastronômica pela França

E ainda: Novos spas na França

    Leia tudo sobre: receitas
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.