Tamanho do texto

Na avaliação feita em São Paulo, alguns restaurantes derraparam

"O restaurante ideal é aquele que, quando você vai embora, lembra do que comeu e até esquece quanto gastou". A frase, do grande chef espanhol Santi Santamaria, foi dita em entrevista exclusiva publicada neste mesmo iG Comida . "Esquecer quanto gastou", vamos combinar, é um exagero. Exceto, talvez, para os milionários que sonhamos ser. No fim das contas, no entanto, ao encerrar uma boa refeição no restaurante a pessoa sabe se fez ou não um bom investimento. No limite, pode até ficar embriagada de alegria, relembrando uma entrada espetacular, ou a primeira garfada em uma massa com tenros e graúdos camarões, cozidos no ponto certo. Quem gosta de comida fica tão feliz nessas situações que é capaz de pedir um segundo cafezinho ou mais uma dose daquele digestivo especial. Coisas da vida.

Não é sempre que isso acontece. Às vezes, a experiência pode ser meramente burocrática.

Na expedição culinária do iG Comida para o especial almoço executivo , a reportagem visitou dezoito restaurantes paulistanos, todos muito bacanas, reconhecidos pela qualidade de suas cozinhas e muitos com refeições à la carte que facilmente ultrapassam a marca dos 100 reais por pessoa. O almoço executivo, teoricamente, é boa opção por um preço mais camarada.

Todas as visitas foram anônimas e as refeições pagas pelo iG. O objetivo era identificar, a cada refeição, os seguintes predicados: bom serviço e muito boa comida, o que inclui pratos que refletissem diretamente a reputação gastronômica da casa e de seu chef titular. Não importa se depois do almoço o comensal iria encarar uma reunião complicada, uma tarefa difícil. Essa pausa para comer teria de ser "a" janela de oportunidade no meio do dia.

As melhores experiências foram registradas no texto "Onze almoços que valem cada centavo". São lugares que mostraram especial atenção ao menu executivo. Nas outras sete visitas, no entanto, a execução da fórmula ficou aquém do esperado. Alguns desses episódios merecem registro.

O La Casserole, tradicionalíssimo bistrô no Largo do Arouche, centro de São Paulo, é um dos destinos mais especiais para comer e beber na cidade. A casa acumula mais de cinqüenta anos de história e exibe um cenário encantador – argumentos que, sozinhos, já valeriam a visita. Frustra saber, porém, que os clássicos servidos à la carte, como o pato ao molho de laranja, não entram na opção do executivo (a informação foi confirmada pela assessoria de imprensa). No dia da visita, as sugestões disponíveis não entusiasmaram. O entrecôte passou do ponto, embora estivesse acompanhado de um saboroso e leve purê de abóbora e bacon. Já o peito de frango recheado de queijo merecia um realce a mais de sal.

No Freddy, no Itaim, algumas pérolas da gastronomia francesa comparecem com frequência no cardápio promocional. No dia da avaliação, no entanto, mostraram-se irregulares. Enquanto o coq au vin e o cassoulet foram aprovados, a entrada e a sobremesa não tiveram o mesmo êxito. A vichyssoise (sopa de alho-poró, batatas e creme de leite) estava demasiadamente rala e insossa. Feita a reclamação, a cozinha se limitou a sugerir a substituição da mesma por uma "saladinha". O creme brulè, por sua vez, tinha textura de pudim de leite, além de acumular água no fundo da vasilha.

Entre os italianos, a refeição na trattoria Osteria, também no Itaim Bibi, não fugiu da trivial saladinha verde de entrada, duas opções de massa e outra de peixe do dia – um salmão grelhado além da conta. Já o Nico Pasta & Basta, comandado pela jovem chef Dayse Paparoto, era uma promessa. A casa instalada no Ipiranga, região alternativa aos bairros mais badalados, foi uma das revelações da cena gastronômica paulistana em 2009. O menu executivo começou bem, com couvert composto de pães artesanais e deliciosas lascas de polvilho. Os desencontros vieram na sequência.

A massa fresca apimentada com azeitonas pretas, que era para ser um talharim, veio em forma de espaguete. O risoto de queijo tipo minas prometia incorporar banana-da-terra, mas chegou à mesa com dulcíssimas fatias de banana nanica. Questionado sobre a troca de ingredientes, o garçom consultou a cozinha e voltou com uma informação no mínimo inusitada: "houve um erro de digitação no cardápio". Mais tarde, a própria chef confirmaria essa justificativa. O risoto foi trocado por um nhoque de batata com molho sugo e manjericão. Vale alertar que até o fechamento desta reportagem, três semanas após a visita, o suposto erro de digitação permanecia inalterado, tanto no site quanto no cardápio do restaurante.

Em ordem alfabética, todos os restauraurantes visitados pela reportagem:

Amadeus
Preço: 64 reais
Inclui: entrada, prato e sobremesa
Quando: seg. a sex. (cardápio fixo para cada dia da semana)

Rua Haddock Lobo, 807, (Crillon Plaza Residence), Cerqueira César, 3061-2859

Antiquarius
Preço: 62 reais
Inclui: couvert, entrada, prato e sobremesa
Quando: ter. a sex. (cardápio muda semanalmente)
Alameda Lorena, 1884, Jardim Paulista, 3082-3015

Brasil a Gosto
Preço: 37,90 reais
Inclui: couvert, entrada, prato e sobremesa
Quando: ter. a sex. (cardápio fixo para cada dia da semana)
Rua Professor Azevedo do Amaral, 70, Jardim Paulista, 3086-3565


Don Curro
Preço: 80 reais
Inclui: couvert, entrada, prato, sobremesa, café e digestivo
Quando: ter. a sex. (cardápio fixo)
Rua Alves Guimarães, 230, Pinheiros, 3062-4712


Due Cuochi Cucina - Itaim
Preço: 49 reais
Inclui: couvert, entrada, prato e sobremesa
Quando: seg. a sex. (cardápio com opções fixas e outras que variam a cada dia da semana)
Rua Manuel Guedes, 93, Itaim Bibi, 3078-8092

Eau French Grill
Preço: 68 reais
Inclui: couvert, entrada, prato e sobremesa
Quando: seg. a sex. (cardápio fixo)
Avenida das Nações Unidas, 13301 (Grand Hyatt São Paulo), Brooklin, 2838-3207


Gero
Preço: 78 reais
Inclui: couvert, entrada, prato e sobremesa
Quando: seg. a sex. (cardápio fixo)
Rua Haddock Lobo, 1629, Jardim Paulista, 3064-0005


Ici Bistrô
Preço: 53 reais
Inclui: entrada, prato e sobremesa
Quando: seg. a sex. (cardápio fixo)
Rua Pará, 36, Higienópolis, 3257-4064

Kaá
Preço: 52 reais
Inclui: couvert, entrada e prato
Quando: seg. a sex. (cardápio fixo)
Avenida Presidente Juscelino Kubitschek, 279, Itaim Bibi, 3045-0043


La Brasserie Erick Jacquin
Preço: 46 reais
Inclui: couvert, entrada, prato, sobremesa, água e café
Quando: seg. a sex. (cardápio muda semanalmente)
Rua Bahia, 683, Higienópolis, 3826-5409


Pomodori
Preço: 49 reais
Inclui: couvert, entrada, prato e sobremesa
Quando: seg. a sex. (cardápio fixo para cada dia da semana)
Rua Doutor Renato Paes de Barros, 534, Itaim Bibi, 3168-3123


Outros sete endereços

Emiliano
Preço: 48 ou 69 reais
Inclui: entrada, prato, guarnição e bebidas não alcoólicas (48 reais) ou além das bebidas não alcoolicas, uma taça de vinho da casa (69 reais)
Quando: seg. a sex. (cardápio fixo)
Rua Oscar Freire, 384, Jardins, 11 3068-4390

Freddy
Preço: 49 reais
Inclui: entrada, prato e sobremesa
Quando: seg. a sex. (cardápio fixo para cada dia da semana)
Rua Pedroso Alvarenga, 1170, Itaim Bibi, 3167-0977


La Casserole
Preço: 45 reais
Inclui: couvert, entrada, prato e sobremesa
Quando: ter. a sex. (cardápio muda todos os dias)
Largo do Arouche, 346, centro, 3331-6283


L’Amitié
Preço: 39 reais
Inclui: couvert, entrada, prato e sobremesa
Quando: seg. a sex. (cardápio muda diariamente)
Rua Manuel Guedes, 233, Itaim Bibi, 3078-5919


Nico Pasta & Basta
Preço: 39,90 reais
Inclui: couvert, entrada, prato e sobremesa
Quando: ter. a sex. (cardápio com opções fixas e outras que mudam diariamente)
Rua Costa Aguiar, 1586, Ipiranga, 2068-3000


Trindade
Preço: 51 reais
Inclui: couvert, entrada, prato e sobremesa
Quando: seg. a sex. (cardápio muda diariamente)
Rua Amauri, 328, Itaim Bibi, 3079-4861


Osteria
Preço: 38,50 reais
Inclui: couvert, entrada, prato e sobremesa
Quando: seg. a sex. (cardápio com opções fixas e outras que mudam diariamente)
Rua Manuel Guedes, 243, Itaim Bibi, 3073-1287

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.