Tamanho do texto

Conheça melhor essa linda e decorativa cobertura de bolos que vem fazendo a cabeça dos amantes da confeitaria

A pasta americana é um tipo de cobertura para bolos, que ficou muito em moda há cerca de dez ou quinze anos. Feita com açúcar e glucose, ela propicia trabalhar a decoração do bolo com muita beleza, usando para cobrir todo o bolo e também em detalhes como flores, corações e diversas formas. A pasta americana essencial fica branca, mas ela pode ser tingida com corantes e ganhar qualquer tom, dando ainda mais possibilidades decorativas.

* Confira a receita tradicional da Pasta Americana

Pode-se até dizer que a pasta americana está em moda agora, mas não é de hoje que essa cobertura faz sucesso. A primeira receita que se tem noticia está em uma obra chamada Delights for Ladies , de 1609, na qual a massa leva açúcar, amido e uma goma natural chamada tragacanth. Por muito tempo, enquanto a pasta americana era apenas uma ideia, os doceiros preferiam usar marzipan (massa de amêndoas) ou butter cream (creme de manteiga). Foi no inicio do século 20, então, que a pasta americana se popularizou para valer e começou a ser mais utilizada.

Uma das maiores vantagens da pasta americana é poder prepará-la com antecedência (fora da geladeira, pois ela não encara bem umidade). Então, é só trabalhá-la com um rolo para abrir quando chegar a hora de fazer a decoração do bolo.

É preciso ter certa agilidade para trabalhar com a pasta, para que ela não resseque quando estiver sendo aberta. Mas quando ela já estiver cobrindo o bolo, aguentará bem, porque absorve a umidade do quitute, ensina Carolina Fiorentino , chef da doceria La Vie en Douce , em São Paulo. Trabalho terminado, no entanto, nem pense em colocar o bolo finalizado na geladeira, pois isso estraga a cobertura.

A pasta americana é assim mesmo, um processo de confeitaria que requer o conhecimento de alguns segredinhos. Por exemplo: o açúcar deve ser acrescentado aos poucos na receita, verificando sempre se a massa já está elástica o suficiente para ser trabalhada com o rolo.

Outra dica é ser bom de muque: a pasta americana fica mais maleável e fácil de trabalhar quanto mais for sovada.

A chef Carolina explica também que não é todo tipo de bolo que fica bem com a pasta americana. Alguns recheios não permitem o uso da pasta, que precisa ser combinada com uma massa mais seca e com um recheio mais firme. A pasta americana absorve muita umidade e, como é feita de açúcar, pode derreter se a massa ou o recheio forem muito úmidos, diz.

Com certa habilidade adquirida no preparo básico da massa, também será preciso aprender os macetes para decorar. Na hora de unir os detalhes decorativos, por exemplo, há a questão de como colar flores que foram cortadas com moldes (vendidos em lojas especializadas) e outros elementos na cobertura inicial. É simples: sobre um bolo coberto também com pasta, usa-se água em pequena quantidade, aplicada com um pincel fino, para ligar as partes.


La Vie em Douce : www.lavieendouce.com.br , tel.: 3088-7172

Leia mais sobre: Massa Americana

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.