Tamanho do texto

O wasabi, aquela pastinha picante da culinária japonesa, pode ser usada em muitas receitas

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=comida%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237535084029&_c_=MiGComponente_C

O wasabi , muito comum na culinária japonesa, é uma raiz que guarda muitas propriedades. E ela pode ser consumida em outros pratos, além dos orientais. A médica nutróloga Vânia Assaly recomenda o uso do tempero na rotina. Essa raiz funciona como um bactericida e ajuda na digestão, afirma a especialista de São Paulo (SP).

Originalmente, não tem muito sabor. Porém, quando é cortada ou ralada, algumas enzimas das células danificadas da planta desdobram e formam uma substância ardida, esclarece a nutricionista, também da capital paulista, Fernanda Scheer.

Ela, que igualmente aprova o tempero, orienta que a raiz deve ser usada imediatamente (depois de retirada do armazenamento) ou misturada com vinagre. Exposta ao ar e ao calor, ela escurece e perde o sabor, tornando-se muito amarga".

De acordo com Fernanda, a raiz forte é rica em potássio, cálcio, magnésio e fósforo, assim como óleos voláteis, como o óleo de mostarda e, por isso, oferece benefícios à saúde.

O wasabi tem propriedades antibióticas, anti-sépticas, bactericidas e que facilitam a digestão , reitera Fernanda. E mais: a raiz funciona como um poderoso antioxidante, Isso porque aumenta a quantidade da enzima glutationa s-transferase.

Quer mais motivos para incluir o sabor picante aos seus hábitos? Quando está fresca, a planta tem cerca de 177,9 mg/100g de vitamina C. Além disso, é pobre em gordura e sódio. E estudos recentes sugerem que o tempero pode brecar o crescimento de células cancerosas em tubos de ensaio".

Como comprar
A raiz forte pode ser encontrada na forma fresca e em pó, segundo Fernanda. No caso da fresca, evite as que se apresentarem secas ao toque e as leves demais, o que significa perda da seiva e do sabor marcante do tempero".

Como armazenar
Na geladeira, a raiz pode ser armazenada por várias semanas, embalada em saco plástico, próprio para alimentos, ou no congelador. Nesse caso, congele em pedaços pequenos (porção para ser usada uma só vez). Quanto mais tempo for armazenada, menos picante fica. Se for em pó, armazene a raiz em recipientes secos e bem fechados. E mantenha os potes guardados em local arejado e longe da luz, ensina Fernanda.

Como consumir
- Ao natural, ralada ou em lâminas finas;
- Adicionada em molhos (o que suaviza o sabor);
- Servida com carnes, presunto e peixes, especialmente os defumados; - Ideal para vinagretes e conservas;
- Use para acentuar o sabor de condimento à base de mostarda;
- Para temperar manteiga e aromatizar vinagre ou azeite de oliva;
- Ralado diretamente no prato pronta (saladas, carnes sopas frias).

Leia mais sobre: wasabi

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.