Onze almoços que valem cada centavo

A lista de cardápios executivos inclui cozinhas francesa, italiana, espanhola, portuguesa e brasileira

Marcela Besson e Viviane Zandonadi, iG São Paulo |

Entre dezembro de 2009 e janeiro de 2010, a reportagem do iG Comida visitou dezoito conceituados restaurantes paulistanos que oferecem cardápio executivo no horário do almoço. Todas as visitas foram anônimas e todas as contas foram pagas pelo iG.

Além dos atributos da comida, da variedade de pratos no menu - e da coerência destes com o tipo de cozinha oferecido pela casa -, foram avaliados o serviço e a relação entre preço e qualidade geral da experiência.

A lista a seguir reúne as onze melhores refeições da equipe no período. Não é um ranking. As casas estão dispostas em ordem alfabética. São lugares que indicaríamos sem hesitação para nossos amigos, para quem mora na cidade ou para quem está de passagem. Em outra reportagem, estão reunidos os restaurantes que, no dia da visita, não empolgaram.



Divulgação
O risoto de frutos do mar é atração no almoço de segunda-feira, no Amadeus
Amadeus
Preço:
64 reais
Inclui:
entrada, prato e sobremesa
Quando:
seg. a sex. (cardápio fixo para cada dia da semana)

Especialidades da casa, os peixes e os frutos do mar brilham no menu executivo preparado pela chef Bella Masano. Há sempre duas sugestões de entrada e duas de sobremesa e apenas uma de prato principal por dia, com receitas fixas de segunda a sexta. O serviço é bem executado e composto de pratos fartos. No dia da visita, uma segunda-feira, havia um macio cuscuz de camarão acompanhado de salada de folhas verdes de entrada. Em seguida, o risoto de frutos do mar veio com anéis de lula, camarões, vôngoles, polvo e mariscos, tudo fresquinho e no ponto certo. Para adoçar, crepe recheada de sorvete de creme e cobertura de chocolate. As opções de prato nos outros dias da semana são moqueca de peixe e camarão (terça), pescada amarela na panela de barro (quarta), bobó de camarão (quinta) e bacalhau (sexta). “É uma forma de os clientes se programarem para as receitas que mais gostam”, argumenta a chef, que calcula que mais da metade dos pedidos do almoço são pelo menu executivo. O couvert, opcional, custa 9 reais. Bebidas e serviço também são cobrados à parte.

Rua Haddock Lobo, 807, (Crillon Plaza Residence), Cerqueira César, 3061-2859

Flavio Moraes/Foto Arena
Arroz de polvo
Antiquarius
Preço:
62 reais
Inclui:
couvert, entrada, prato e sobremesa
Quando:
ter. a sex. (cardápio muda semanalmente)

O tradicional restaurante de cozinha portuguesa acumula duas décadas de trabalho na capital paulista (a matriz fica no Rio de Janeiro). O caprichado couvert abre a refeição com, entre outras atrações, queijo fresco de fabricação própria e pães variados. No dia da visita, o bacalhau, estrela do serviço à la carte, fez uma única aparição no almoço executivo. Foi no capítulo das entradas, uma fumegante tigelinha de bacalhau desfiado e gratinado com molho branco. Menos nobre, é verdade, do que as postas altas do pescado que fizeram a fama da casa. Mesmo assim, sobram outras boas receitas como o arroz de polvo e a caldeirada de lula. No arremate, vale ceder à sericaia, um típico doce português feito à base de gema de ovos e baunilha. Fique atento à movimentação dos garçons quando estiverem servindo a água. Depois de abertas, as garrafas da marca Prata, de 300 mililitros (vendidas a 6 reais) ficam em um bowl com gelo, distante da mesa. Os copos são preenchidos com tanta freqüência que jamais ficam vazio e sem que o cliente tenha controle exato de quantas unidades foram consumidas.

Alameda Lorena, 1884, Jardim Paulista, 3082-3015

Divulgação
Canapés de banana com geleia de pimenta
Brasil a Gosto
Preço:
37,90 reais
Inclui:
couvert, entrada, prato e sobremesa
Quando:
ter. a sex. (cardápio fixo para cada dia da semana)

No geral, uma visita ao Brasil a Gosto requer preparação do espírito para refeições saboreadas sem pressa, pontuadas por cores, sabores e informações sobre ingredientes brasileiros que nem todo mundo conhece. O executivo é uma boa oportunidade de conhecer pitadas do tempero arretado da chef Ana Luiza Trajano, conhecida por usar técnicas de outras cozinhas para preparar receitas de várias regiões do Brasil. De terça a sexta, há um combinado fixo com duas opções para cada etapa da refeição. Para começar, não dispense o couvert, que traz pãezinhos artesanais de abóbora e de milho com erva-doce mais manteiga temperada com alho e castanha de baru. No dia da visita, as escolhas de entrada e prato principal foram, respectivamente, o canapé de banana-da-terra com queijo cremoso e geleia de pimenta e o risoto de arroz cateto com queijo tipo minas e legumes variados (pupunha, abóbora, cenoura e vagem). De sobremesa, uma suave bananada servida com sorvete de nata. O menu executivo da casa existe desde setembro de 2009, e já corresponde a 80% dos pedidos feitos nesse horário.

Rua Professor Azevedo do Amaral, 70, Jardim Paulista, 3086-3565

Marcos Mendes/Foto Arena
Estrela do Don Curro, a paella também faz parte do menu executivo da casa
Don Curro
Preço:
80 reais
Inclui:
couvert, entrada, prato, sobremesa, café e digestivo
Quando:
ter. a sex. (cardápio fixo)

O executivo ganha o nome de menu de temporada porque muda de acordo com as estações. Contempla seis opções de entrada, seis de prato e três de sobremesa. Além do quesito variedade, ganha pontos porque todos os itens levam o acento espanhol da casa, com boa oferta de peixes e frutos do mar. O couvert apresenta vinagrete de dourado, escabeche de manjubinha, tortilha e pães variados. Como entrada, são boas pedidas o tradicional gaspacho e também os mariscos ao azeite e vinho branco. Outro predicado do cardápio é oferecer a receita de maior expressão da casa, a paella, que combina, camarão, lula, polvo, marisco, lagostim e frango ao arroz de açafrão. Clássica, a zarzuela de pescados vem com uma posta alta de robalo coberta de camarões, lulas e mariscos. A torta de Santiago, à base de amêndoas, seguida de um bem tirado expresso da marca Illy, preparam o coração para a surpresa final (não é bem surpresa, porque já contamos. Mas tem muita graça) fica a cargo do digestivo, um leve e refrescante batido de sorbet de limão, vodca e espumante. Desde dezembro de 2009, esse mesmo menu também está disponível no jantar, de terça a quinta.

Rua Alves Guimarães, 230, Pinheiros, 3062-4712

Due Cuochi Cucina - Itaim
Preço:
49 reais
Inclui:
couvert, entrada, prato e sobremesa
Quando:
seg. a sex. (cardápio com opções fixas e outras que variam a cada dia da semana)

Vale enfrentar o habitual e praticamente inevitável tempo de espera por uma mesa nesta disputada e premiada casa de cozinha italiana. Qualquer preocupação com barulho, fila e até o ambiente não muito confortável esvazia-se depois da primeira garfada. Outra distração é beliscar o couvert enquanto observa o ritmo da cozinha, aberta para o salão, e onde o chef Paulo Barroso de Barros costuma exibir sua habilidade. O menu executivo mantém três pratos fixos e mais duas sugestões extras que mudam a cada dia da semana. No dia da visita, nossa reportagem provou a saladinha verde com mussarela de búfala e pesto de manjericão, única opção de entrada. Na sequência, as massas vieram fartas, saborosas e no ponto certo: papardele com ragu de cordeiro e espaguete com camarão e lula em textura perfeita. Na sobremesa, a torta de limão siciliano pecou pelo excesso de açúcar. Melhor escolha é o tiramissu.

Rua Manuel Guedes, 93, Itaim Bibi, 3078-8092

Divulgação
Robalo crocante com purê e legumes
Eau French Grill
Preço: 
68 reais*
Inclui:
couvert, entrada, prato e sobremesa
Quando:
seg. a sex. (cardápio fixo)

Esta moderna casa de grelhados simplesmente aboliu o serviço à la carte no almoço. Nesse horário, o chef francês Laurent Hervé se dedica 100% ao menu executivo, que é fixo e soma seis opções de entrada, oito de prato e sete sugestões de sobremesa. O couvert também está incluso, mas não empolga. Melhor não se deixar seduzir e ir direto para as entradas como a saborosa terrine de pato com pimenta verde e cebola confit ao vinho do Porto ou o palmito pupunha grelhado com salmão e vinagrete de iogurte e ervas. Na seção dos pratos principais, destaque para o conchiglione de semolina ao queijo chevrotin (feito com leite de cabra e levemente adocicado), tomate cereja confit e pesto de rúcula. Outra alternativa é o robalo crocante com molho de alho-poró. No encerramento da refeição, surpreendeu o gratin de figo roxo em massa de pistache e sorbet de iogurte. Muito bom.

Avenida das Nações Unidas, 13301 (Grand Hyatt São Paulo), Brooklin, 2838-3207

*Após o fechamento desta reportagem, o Eau French Grill fez mudanças em seu cardápio de almoço. Além do executivo a 68 reais, passa a oferecer também o menu exclusivo, a 88 reais. Alguns pratos que estavam disponíveis no executivo, agora integram apenas o cardápio exclusivo, caso da terrine de pato com pimenta verde e do robalo crocante (foto acima).

Flavio Moraes/Foto Arena
Pennette com ragu de linguiça e cogumelos frescos
Gero
Preço:
78 reais
Inclui:
couvert, entrada, prato e sobremesa
Quando:
seg. a sex. (cardápio fixo)

O refinado e concorrido restaurante italiano da grife Fasano apresentou seu menu executivo primeiro no Rio de Janeiro. Com o bom desempenho do serviço por lá, a fórmula foi estendida para São Paulo há pouco mais de um mês. E pegou bem por aqui também. O chef Rodrigo Queiroz elaborou um cardápio fixo. No trio de antepastos, saem-se muito bem o carpaccio de carne com rúcula, parmesão e vinagre balsâmico e a delicada brandade de bacalhau e folhas de polenta. No capítulo das massas, vá de pennette com ragu de linguiça e cogumelos frescos. O conjunto é suavemente apimentado. Se preferir um risoto, a dica é a delicada combinação de codorna com abobrinha. A musse de chocolate com pistache e avelãs torradas leva certa vantagem sobre a torta de maçã com creme, que não chega a empolgar. Embora não esteja incluído no preço, o cafezinho acompanha deliciosos petit fours.

Rua Haddock Lobo, 1629, Jardim Paulista, 3064-0005

Ici Bistrô
Preço:
53 reais
Inclui:
entrada, prato e sobremesa
Quando:
seg. a sex. (cardápio fixo)

Receitas da cozinha francesa marcam presença no menu executivo. Boa oportunidade para conhecer o trabalho do talentoso chef Benny Novak, no comando também de outras duas casas na cidade, o Tappo Tratoria e o recém aberto 210 Diner. Os pratos principais saem direto do menu à la carte, como a (de origem italiana, como o nome sugere) cotoleta de porco milanese com cebolas crocantes, tomate cereja e arroz com milho. O mesmo vale para o frango rôti, que combina coxa, sobrecoxa e fatias de peito marinadas e assadas. Antes, prove o clássico steak tartar com torradas de brioche. No arremate, os encantadores profiteroles chegam em porção (gigante) e a tarte tatin vem com pedaços polpudos de maçã. Para paladares mais moderados,  há uma opção mais barata, a 43 reais, em que o cliente dispensa a entrada ou a sobremesa. Serviço simpático, informal e correto. Quem não dispensar uma taça de vinho (garrafa de 185 mililitros) soma 15 reais à conta.

Rua Pará, 36, Higienópolis, 3257-4064

Marcos Mendes/Foto Arena
Talharim com ossubuco de cordeiro
Kaá
Preço:
 52 reais
Inclui:
couvert, entrada e prato
Quando:
seg. a sex. (cardápio fixo)

O ambiente impressiona. No belo e confortável salão, quase todo beneficiado por luz natural, uma extraordinária parede é decorada com milhares de plantas típicas da Mata Atlântica. No comando diário da cozinha, o cozinheiro francês Pascal Valero, ex-Eau, envia receitas franco-italianas bem executadas e que resultam em pratos fartos. São sete sugestões de entrada, oito tipos de massa, além de peixes, carnes, aves e risotos. Para começar, vai bem o tartar de salmão com creme azedo. No dia da visita, empolgou menos o parmentier de pato. O creme à base de batata cobria a carne desfiada, cozida um tanto além do ponto, o que comprometeu a textura. Na chegada dos principais, agradaram bastante o ravióli de queijo de cabra com ragu de shitake e rúcula fresca e o talharim com ossobuco de cordeiro. Entre os sócios do Kaá, figura o nome do chef Paulo Barroso de Barros, do Due Cuochi.

Avenida Presidente Juscelino Kubitschek, 279, Itaim Bibi, 3045-0043

Marcos Mendes/Foto Arena
Vinagrete de lentilhas com ovo frito de gema bem mole
La Brasserie Erick Jacquin
Preço:
46 reais
Inclui:
couvert, entrada, prato, sobremesa, água e café
Quando:
seg. a sex. (cardápio muda semanalmente)

A visita ao restaurante francês do chef Erick Jacquin foi correta do início ao fim. O menu executivo, além de bem servido, atrai pelo preço acessível, já que uma refeição completa no serviço à la carte custa, em média, 125 reais por pessoa. As sugestões mudam semanalmente e de acordo com a disponibilidade dos produtos. No dia da visita, nossa reportagem provou duas saladas de entrada, uma com mix de folhas e queijo de cabra e outra que entregava uma delicada combinação de vinagrete de lentilhas com ovo frito de gema bem mole. Em seguida, o peixe do dia, um linguado, chegou à mesa escoltado por alho-poró assado. Já a massa, um papardele fresco de fabricação própria, veio regada com suculento ragu de pato. Imperdível, o tradicional creme brulè encerra a refeição.

Rua Bahia, 683, Higienópolis, 3826-5409



_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=comida%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237539178334&_c_=MiGComponente_C Pomodori
Preço:
49 reais
Inclui:
couvert, entrada, prato e sobremesa
Quando:
seg. a sex. (cardápio fixo para cada dia da semana)

Desde que reabriu, ampliado, o italiano Pomodori ganhou um ambiente mais aconchegante e agradável. A alta qualidade da cozinha foi preservada. O menu executivo criado pelo chef Jefferson Rueda apresenta opções bem definidas para cada dia da semana, sem repetições. Além do couvert, com pães artesanais, o preço inclui duas sugestões de entrada, três de prato e outras duas de sobremesa. A reportagem visitou a casa numa quarta-feira, dia de fugir ou se jogar em alguma feijoada. Tudo certo. Na entrada, foram servidas a salada de folhas com bruscheta de tomate assado, mussarela de búfala e manjericão e uma polenta cremosa com lingüiça artesanal e ovo caipira. Na sequência, faltou sal no torteli de abóbora com manteiga, sálvia e grana padano. Saiu-se melhor o peixe do dia, um . O encerramento ficou por conta da chamada surpresa de chocolate, composta de musse de chocolate meio amargo, outra de chocolate branco, uma tortinha de chocolate meio amargo e, não acabou, mais uma trufa aromatizada com uísque. Recentemente, esta opção foi substituída por merengue de morango. Anote aí: a surpresa passou para as terças-feiras.

Rua Doutor Renato Paes de Barros, 534, Itaim Bibi, 3168-3123

    Leia tudo sobre: restaurantesalmoço executivo

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG