Tamanho do texto

Toda a paixão desta inglesa pelos prazeres culinários volta a se traduzir em um novo livro (que dá vontade de comer)

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=comida%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237535089323&_c_=MiGComponente_C

Ela não tem pudores de assaltar a geladeira no meio da noite, de lascar toucinho em qualquer receita ou de juntar quatro tipos de chocolate em um só bolo ¿ tudo isso na frente das câmeras de TV. Foi com esse jeito nada light que a inglesa Nigella Lawson conquistou fama no mundo culinário (e, principalmente, junto ao público comum, que cozinha sem luxos, mas com paixão).

* Confira a receita: Potinhos de Chocolate, de Nigella Lawson

E depois de mostrar do que ela é capaz em seus livros ¿ que já venderam, juntos, mais de seis milhões de cópias ¿ chega agora às livrarias brasileiras o mais novo título de sua autoria, Nigella Bites .

Nesse livro, como nos anteriores, os métodos e técnicas ficam sempre em segundo plano, frente às receitas espontâneas da chef. Nigella não teme usar medidas aproximadas ou recomendar substituições ¿ e o que fica faltando em precisão nas receitas, se ganha no prazer de cozinhar sem preocupações. Aliás, esse é o mote de Nigella Bites: todos os pratos listados no livro estão ali por serem os preferidos da cozinheira e por nenhum outro motivo.

Ela apresenta seus favoritos com textos explicativos e numa divertida divisão de capítulos, como Para os dias de chuva, Garota festeira e Fim de semana sem estresse. As receitas, todas muitíssimo saborosas, giram entre carnes, sopas, massas, bolos, doces ¿ e, em particular, um creme de chocolate amargo servido em potinhos , que ameaça a atual busca pela alimentação leve mandando usar o creme de leite com o mais alto teor de gordura que encontrar.

Mas o estilo de Nigella Lawson é esse mesmo, o de não poupar sabor , mesmo que o valor calórico de um prato atinja a estratosfera. E como condená-la? Seus ensopados levam carnes encorpadas e diversos temperos orientais, fazendo a receita impressa no papel quase exalar aqueles cheiros incríveis de pimenta, gengibre e cúrcuma. Seus doces levam muita manteiga e doses de bebida ¿ mas a própria chef explica, em determinada receita, que usa tudo isso apenas porque tenho uma garrafa enorme desse licor.

O curioso é que, mesmo sendo uma mulher que não se furta a apreciar um bom frango frito à moda americana, Nigella imprime em seus pratos muita delicadeza nas combinações ¿ e muito amor pela culinária.

Quem já a viu na televisão comandando seu programa (veiculado por aqui no canal pago GNT ) sabe que ela não esconde mesmo essa paixão pelos ingredientes e suas propriedades ¿ a ponto de proferir vários hummms a cada limão espremido, ou a cada tomate esmagado. É com essa loucura por comida e essa falta de pudores, afinal, que Nigella fez sua fama. E uma fama que se justifica.


Nigella Bites
www.nigellabites.com.br
Ediouro
256 páginas
R$ 79

Leia mais sobre: Nigella Lawson

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.