Tamanho do texto

Aveia, farelo de trigo, gérmen de trigo, flocos de arroz. Depois uma calda de glucose de milho e açúcar une tudo isso, dando sabor e aspecto caramelizado

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=comida%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237535069260&_c_=MiGComponente_C

Outros sabores às vezes são adicionados, como coco, castanhas, chocolate. E está feita a sensação das tardes nos escritórios, academias e até nas escolas. As barrinhas de cereais se tornaram sucesso avassalador há cerca de 15 anos e, antes de se deliciar com aqueles 15 centímetros de doçura, é importante estar bem informado sobre ela.

As barrinhas, inclusive, seguem ondas de moda. No momento, as que atraem mais consumidores são aquelas com semente de linhaça e as doces com sabor morango e coco. Mas e sobre o aspecto da saúde? Barrinhas de cereais são uma boa pedida? A nutricionista Paola Ladeira Pinho, de Santos (SP), nos ajuda a responder.

As barrinhas fazem bem, são saudáveis.
Meia verdade
Elas de fato contêm cereais integrais, grãos não alterados pela refinação. Por isso, mantêm a integridade de muitos nutrientes, como fibras, vitaminas e minerais, ao contrário do que acontece com alguns alimentos refinados. Daí as barrinhas aumentarem a sensação de saciedade, reduzindo a vontade de outras guloseimas durante a tarde, por exemplo, e melhorando o fluxo gastrointestinal. Mas a realidade é que as barrinhas não têm qualidades nutritivas totais para substituir refeições, erro que muitos cometem. Ou seja: são saudáveis, mas não milagrosas.

Elas são boas pedidas na hora da ginástica.
Verdade

Para quem faz atividade física mais intensa, o uso das power bars, ou barrinhas energéticas, é bom para segurar mais o tempo de exercícios. Elas servem como um bom combustível para o corpo.

Elas podem ser consumidas a qualquer hora, de manhã é até melhor.
Mentira
O melhor horário para consumir as barrinhas de cereais é o intervalo entre as refeições. Do mesmo modo que é ótimo apostar em frutas, iogurtes ou pequenos lanches de queijo branco ou peru, a barra é indicada como uma forma de variar na dieta e driblar a dome. Como possui fibras, é preciso mastigá-la bastante, o que ajuda a desviar a sensação de fome intensa (ou mesmo de avançar sobre chocolates ou doces com açúcar refinado em excesso).

Tudo bem comer umas duas ou três ao dia.
Mentira
Muitos nutricionistas consideram que as embalagens de algumas barrinhas de cereais, na verdade, são enganosas por estamparem promessas de um produto 100% saudável. Parte delas contêm um bom bocado de gordura e açúcar ¿ daí ser muito importante estar sempre atento ao rótulo do produto, checando dados e valores. A composição nutricional das barrinhas de cereais varia muito entre as marcas. E, para se ter uma ideia, algumas empresas divulgam de que uma barrinha ao dia é suficiente em termos de fibras para o organismo. Na verdade, a ingestão diária ideal deve ser de 25 a 30 gramas. A maioria das barras mal chega a 1 grama de fibras.

As barrinhas apresentam muitas armadilhas, então.
Verdade
Elas são boas amigas da dieta e da alimentação saudável, mas é indicado que o consumidor tenha cuidado ao optar pelas barrinhas para não cair em algumas tentações. Trocar refeições por barrinhas, nem pensar; Consumi-las sem consultar seu valor de calorias, por exemplo, é outro problema (já que muitas contêm chocolate e outros itens calóricos). E quando levarem as inscrições light e diet, ainda assim é preciso avaliar o rótulo para ter garantia de estar consumindo uma barrinha apropriada.

Leia mais sobre: cereais integrais

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.