Tamanho do texto

O polêmico chef de cozinha mostra sua face executiva na autobiografia Brincando com Fogo , recém-lançada no Brasil

Ramsay, o chef mais temido do mundo mostra sua face executiva em Brincando com Fogo
Divulgação
Ramsay, o chef mais temido do mundo mostra sua face executiva em Brincando com Fogo
Escocês criado na Inglaterra, Gordon Ramsay é um chef de cozinha mandão, exigente e boca suja. Em seu reality culinário Hell’s Kitchen , que já está na quinta temporada, aspirantes à cozinha sentem nos ouvidos os palavrões que se repetem nas 336 páginas de Brincando com Fogo (Best Seller, 2010, R$ 35,00), autobiografia do chef recém-lançada no Brasil.

Curiosamente, a chegada do livro às prateleiras coincide com a má fase de Ramsay, que vem enfrentando sérios problemas financeiros. Além de responder a processos de duas empresas produtoras de vinho por inadimplência, ele ainda teve que fechar recentemente três de seus restaurantes .

A vida não anda nada fácil para o chef durão, que começou como assistente de cozinha em um endereço desconhecido de Londres e, apenas cinco anos depois, tornou-se uma das figuras mais celebradas da cena gastronômica. Virou colecionador de estrelas no Michelin e um homem de negócios, administrando restaurantes em Los Angeles, Dubai e Tóquio. Ambicioso confesso e extremamente competitivo, Ramsay escreve que sempre "desejou um posto inacessível a todos os outros". E cutuca Jamie Oliver, a quem vê como rival: “Pode ser que eu tenha de aceitar quietinho que Jamie vai vender mais livros que eu. Por enquanto.”

Da escolha de terrenos para montar um restaurante até a letra a ser usada nos cardápios, Ramsay revela em sua autobiografia detalhes administrativos de sua empresa, a Gordon Ramsay Holdings, que reúne dezenas de estabelecimentos. O texto desvenda cifras, negociações, lições mercadológicas e erros cometidos por ele no decorrer da carreira. As dicas podem servir de orientação os interessados em montar um restaurante. Na tentativa de um discurso mais humilde, o que não faz muito seu gênero, Ramsay fala da importância de ter profissionais competentes ao seu lado e do papel fundamental da figura feminina no bom funcionamento de qualquer negócio.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.