Tamanho do texto

Não se espante ao notar que os pratos típicos da Argentina estão cada vez mais presentes em cardápios brasileiros. Esta, aliás, é uma das propostas da Federação das Empresas de Hotelaria e Gastronômica da República Argentina (FEHGRA), para os próximos anos

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=comida%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237535065229&_c_=MiGComponente_C

Nesta sexta-feira, 20 de março, acontece no hotel Intercontinental, em São Paulo, um workshop promovido pela FEHGRA, voltado a empresários, no qual chefs argentinos apresentarão as especialidades gastronômicas de seu país de origem, como a empanada e o inusitado musse de erva mate. Este último foi um dos destaques do restaurante montado pela Instituição em meio à tradicional FITUR (Feira Internacional de Turismo), em Madri, Espanha, na última semana de janeiro. 

Durante os quatro dias do evento espanhol, 720 refeições foram servidas para apresentar aos comensais de todo o mundo os sabores da Argentina. Acreditamos em nossa gastronomia como forte atrativo turístico, afirma Mario Zavaleta, Secretário da FEHGRA. Vocês ainda vão ouvir muito falar dos nossos pratos, diz.

Em relação à crise global, apesar dos 300 estabelecimentos gastronômicos que fecharam as portas em Buenos Aires, Zavaleta mostra-se otimista. A crise está chegando agora na Argentina. Precisamos contar com aquilo que temos de melhor e um dos tópicos desta lista é a gastronomia. Somos grandes exportadores de carne e vinho, inclusive para o Brasil, avalia o Secretário.

Mais do que o incentivo ao consumo é a garantia de oferecer um produto de alta qualidade. Não falamos apenas da carne, mas também de nossa cozinha de vanguarda. Para isso, propagamos o incentivo à melhoria dos serviços, com cursos, palestras e workshops, complementa Zavaleta.

Para experimentar em casa, uma receita de empanadas deliciosa. Bom apetite!

Leia mais sobre: Argentina

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.