Tamanho do texto

De norte a sul do Brasil, confira uma seleção de eventos de comida e bebida previstos para este ano e programe o seu paladar

MiGComponente_C:undefined Alguém duvida que turismo e gastronomia sejam lados de uma mesma moeda? O iG Comida tem a convicção de que eles nasceram um para o outro. Repare: mesmo quem viaja pouco (ou nada) preocupado em explorar assuntos de cozinha acaba, naturalmente, trazendo na bagagem uma experiência gustativa, seja a descoberta de um ingrediente diferente, de uma bebida típica ou de um hábito culinário.

Essa conexão entre viagem e comida tornou-se expressiva na Europa no fim do século XIX, quando as primeiras leis trabalhistas foram instituídas por lá. Os operários passaram a ter direito a descanso semanal, redução de jornada e férias remuneradas. Começaram a vislumbrar, assim, uma vida mais prazerosa que incluía viagens – um marco para as cozinhas regionais e especialmente para o turismo gastronômico.

Para boa parte dos turistas brasileiros, desvendar segredos gastronômicos era, há até bem pouco tempo, um desafio pertinente apenas para quem viajava ao exterior. Como se os melhores souvenirs só pudessem vir “de fora”. Nos últimos anos, entretanto, a cena mudou. Nossos chefs de cozinha fizeram as malas, rodaram o Brasil e provaram que não é preciso sair do país para perceber novos sabores. Viram que a tapioca nordestina pode, sim, ser uma ilustre desconhecida para muita gente que mora no sul; ou que a ostra de Santa Catarina guarda algo de surpreendente para quem vive no cerrado, por exemplo; afinal, somos um país de proporções continentais.

De carona nessa onda ufanista vivida pela cozinha brasileira, os festivais de gastronomia também ganham força. Eles pipocam em cada região a fim de promover tradições culinárias e ingredientes locais. Alguns eventos já estão consolidados no calendário turístico nacional, caso do Festival de Cultura e Gastronomia de Tiradentes , em Minas Gerais – que caminha este ano para sua 14ª edição. Abaixo, apontamos os festivais de maior expressão previstos para 2011. A promessa é de comida boa o ano inteiro. Confira e programe o seu paladar.


MiGComponente_C:undefined JANEIRO A MARÇO
Vindima
No primeiro trimestre do ano, a Serra Gaúcha vive em festa. A vindima, como é chamada a etapa de colheita das uvas, movimenta as cidades da região, onde estão localizadas algumas das maiores vinícolas do país. Em Bento Gonçalves, a 128 quilômetros de Porto Alegre, ocorre a Bento em Vindima, uma grande festa promovida pela prefeitura da cidade, com apresentações culturais e feira gastronômica. Mas a grande pedida é mesmo visitar vinícolas como a Miolo e a Casa Valduga , que promovem cursos, jantares harmonizados e degustações especiais, além da tradicional “brincadeira” de amassar uvas com os pés.
>> No site da prefeitura de Bento Gonçalves dá para conferir a programação e a lista de vinícolas que fazem pacotes especiais para a temporada.


ABRIL E MAIO
Comida di Buteco
O concurso que celebra as comidinhas típicas de balcão nasceu em Belo Horizonte (MG), em 2000, e há mais de 10 anos premia os melhores petiscos dos bares da capital mineira. A cada edição, um tema diferente é proposto aos cozinheiros, que devem seguir uma lista obrigatória de ingredientes – a manteiga de garrafa está entre os itens exigidos este ano. Ganha o tira-gosto mais criativo e saboroso, eleito pelo voto popular entre mais de quarenta participantes. É uma boa oportunidade para perambular pelos tradicionais botecos que são a alma da cidade mineira.
O sucesso do Comida di Buteco acabou contagiando outras dez cidades, entre elas Rio de Janeiro, Salvador e Goiânia. No site oficial, confira a programação em cada uma delas.
www.comidadibuteco.com.br


MAIO E JUNHO
Temporada de Pinhão
Fruto da araucária, o pinhão é saboroso e nutritivo. Algumas cidades brasileiras reverenciam o ingrediente, bastante usado em receitas salgadas e doces. Na Serra Catarinense, o município de Lages sedia a Festa Nacional do Pinhão, com shows e barracas de comidas típicas. Em Visconde de Mauá (RJ), a festa do pinhão começa em maio, com direito a concurso gastronômico.


Festival Gastronômico da Costa do Descobrimento
Dezenas de restaurantes de Porto Seguro, Arraial d’Ajuda e Trancoso, na Bahia, participam do evento, que costuma ocorrer na segunda quinzena de junho. Eles criam pratos elaborados especialmente para a temporada e promovem jantares comandados por chefs convidados. Uma cidade cenográfica é montada em Arraial d’Ajuda para abrigar barracas de comidas típicas e cursos de gastronomia.
www.festivalgastronomico.com.br


MiGComponente_C:undefined Festival Gastronômico e Cultural de Pirenópolis
Desde 2003, o evento reúne chefs de cozinha da região e de outros estados. Uma feira é montada na cidade para que a comunidade local possa exibir produtos e ingredientes típicos do cerrado, entre eles o baru , uma das estrelas do festival. Artesanato, produtos orgânicos, doces e conservas também recheiam as barraquinhas. A programação inclui ainda uma porção de oficinas de culinária, além de jantares especiais nos restaurantes arredores. A festa costuma ocorrer na segunda semana de junho.
www.gastronomicopirenopolis.com.br



AGOSTO
Festival de Cultura e Gastronomia de Tiradentes
Na segunda quinzena de agosto, a histórica cidade mineira vira palco para chefs estrelados, nacionais e estrangeiros, mostrarem suas habilidades. Eles participam do badalado festival gastronômico preparando requintados jantares harmonizados, além de palestras e cursos. Não deixe de aproveitar as outras atrações fixas da cidade, como bares e restaurantes locais. São eles é que servem a autêntica cozinha mineira – ofuscada pelo oba-oba do festival.
www.culturaegastronomia.com.br


SETEMBRO
Degusta Búzios
O festival praiano completa 10 anos em 2011. Em Búzios, a 170 quilômetros do Rio de Janeiro, a Rua das Pedras e a famosa Orla Bardot ficam repletas de turistas à procura de boa comida. Mais de cinquenta restaurantes da cidade costumam se instalar nessas vias para servir pratos especialmente criados para a temporada. O que mais chama a atenção são os preços: em 2010, o mais caro custava 15 reais. No fim, o público vota na melhor receita, anunciada no último dia da festa.
visitebuzios.com


MiGComponente_C:undefined OUTUBRO
Marejada

A anual festa portuguesa de pescado ocorre em Itajaí (SC) há 25 anos. Num pavilhão gastronômico são servidos pratos à base de bacalhau e frutos do mar a preços convidativos.
marejada.itajai.sc.gov.br

Fenaostra
Ainda em Santa Catarina, a Festa Nacional da Ostra e da Cultura Açoriana, em Florianópolis, reúne atrações gastronômicas, folclóricas e culturais. Produto típico da região, as famosas ostras são servidas frescas, gratinadas, fritas, em caldeirada... A festa costuma durar dez dias.
portal.pmf.sc.gov.br/sites/fenaostra

Semana Mesa SP
Realizada por uma revista especializada em gastronomia em parceria com o Senac de São Paulo, o evento reúne várias atividades. Há palestras conceituais, voltadas para profissionais do ramo, e também atrações abertas ao público, como sessões de degustação, aulas de gastronomia, exposição de produtos de fornecedores e cozinhas montadas para apresentação de chefs de cozinha.
www.semanamesasp.com.br

Festival Gastronômico de Pernambuco
Realizado em parceria com a Associação dos Restaurantes da Boa Lembrança, o festival em Pernambuco chega à 10ª edição em 2011. Tradicionalmente, o evento mobiliza restaurantes da capital pernambucana, de Olinda e de Fernando de Noronha. Cada um deles prepara um menu especial para o jantar, sempre feito a quatro mãos pelo cozinheiro anfitrião e por um chef convidado. Os clientes que pedirem pelo cardápio do festival leva para casa um prato de cerâmica pintado à mão. Oficinas de gastronomia completam a programação.


NOVEMBRO
Petrópolis Gourmet

Reúne chefs brasileiros para aulas e oficinas grátis. O tema muda a cada ano: em 2010 foram os alimentos orgânicos. Durante o mês, restaurantes da cidade também preparam pratos especiais para agraciar os turistas.
www.petropolisgourmet.com.br

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.