Tamanho do texto

Em eleição feita pela Restaurant Magazine, a casa de Alex Atala ganha também o título de melhor da América do Sul

Alex Atala: D.O.M. entre os dez primeiros do mundo
Edu Cesar/ Fotoarena
Alex Atala: D.O.M. entre os dez primeiros do mundo
A revista britânica Restaurant Magazine acaba de divulgar seu famoso ranking com os 50 melhores restaurantes do mundo. O paulistano D.O.M., de Alex Atala, figura entre os dez primeiros da lista, no sétimo lugar.

Com este resultado, Atala sobe 11 posições em comparação com a lista de 2010. Além da prestigiada premiação, o D.O.M. leva também o título de melhor endereço da América do Sul.

A lista completa será anunciada em uma festa na noite desta segunda-feira, em Londres. Mas já foi divulgado que o dinamarquês Noma, do chef René Redzepi , foi escolhido pelo segundo ano consecutivo como o melhor do mundo. O El Bulli, de Ferran Adriá, que fecha as portas em julho, ficou fora do ranking.

Como é a votação

A revista Restaurant Magazine elege os cinquenta melhores do mundo desde 2002.

A escolha dos restaurantes é feita pelos membros de uma chamada “academia”, da qual faz parte, por exemplo, o jornalista e crítico gastronômico brasileiro Josimar Mello.

Segundo a revista, o júri é composto de críticos, gourmets, chefs e restaurateurs de todos os continentes, numa tentativa de fazer o levantamento “mais justo possível”.

Confira os vinte primeiros colocados:
1 – Noma , na Dinamarca
2 - El Celler de Can Roca , na Espanha
3 – Mugaritz , na Espanha
4 - Osteria Francescana , na Itália
5 - The Fat Duck , no Reino Unido
6 – Alínea , nos Estados Unidos
7 - D.O.M. , no Brasil
8 – Arzak , na Espanha
9 - Le Chateaubriand , na França
10 - Per Se , nos Estados Unidos
11 – Daniel , nos Estados Unidos
12 – Les Creation De Narisawa , do Japão
13 – L’Astrance , da França
14 – L’Atelier de Joel Robuchon , da França
15 – Hof Van Cleve , da Bélgica
16 – Pierre Gagnaire , da França
17 – Oud Sluis , da Holanda
18 – Le Bernardin , dos Estados Unidos
19 – L’Arpege , da França
20 – Nihonryori Ryugin , do Japão

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.