Tamanho do texto

Dicas para quem pretende seguir ou está seguindo a dieta do momento, com poucos carboidratos na alimentação

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=comida%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237535034823&_c_=MiGComponente_C

Sabe o que a Jennifer Aniston e a Vera Fisher têm em comum? Elas são adeptas da dieta do momento: a low carb, de pouca ingestão de carboidratos. Dieta milagrosa é uma tentação, e essa tem agradado de celebridades a donas de casa.

Mas tome cuidado! Se você não consumir a quantidade certa de carboidratos, pode causar danos à sua saúde. A nutricionista Juliana Armano aconselha a não eliminar de vez o nutriente, uma vez que ele é essencial para o funcionamento adequado do nosso cérebro e músculos. Numa dieta normal, o carboidrato representa mais de 50% da alimentação.

Com pressa em ter um corpo enxuto e sem muita paciência com exercícios, a turismóloga Flávia Constâncio sempre foi adepta de dietas radicais. Mas se decepcionou quando eliminou o carboidrato de sua dieta. Eu emagreci rápido, mas me deu muito sono e moleza afirma.

A nutricionista Vanessa Fantin alerta que esse emagrecimento rápido não é saudável: a pessoa perde peso, mas perde junto massa muscular e não gordura completa. Por isso, cuidado: evite arroz, batata, pães de farinha branca, milho, leite integral, açúcar e refrigerantes. Mas o ideal é sempre compor a alimentação diária com carboidratos integrais, que além da energia fornecem vitaminas minerais e fibras.

Estilo de vida

Para uma dieta low carb saudável, é preciso levar em conta o estilo de vida de cada um. Os especialistas aconselham uma redução do carboidrato, forçando seu organismo a queimar gordura ao invés de acumulá-las.

A dieta deve ser complementada com proteínas magras, vindas de alimentos como frango, peixe, leite desnatado queijos e frutas como mamão, laranja e maçã. Verduras e legumes podem ser consumidos à vontade. Esses produtos são ricos em fibras e vitaminas e contêm poucos carboidratos.

Para driblar possíveis problemas como mau humor, dor de cabeça e mau hálito, causados pela acidez do sangue ao metabolizar muita proteína, é aconselhável ingerir carboidratos integrais. A granola é uma boa opção. Além de dar energia, ela contém muitas fibras.

A dieta low carb, que promete um emagrecimento de até seis quilos por mês, tem mudado até a atitude de grandes empresas no Brasil e no exterior. Produtos como cerveja, catchup e até macarrão estão sendo fabricados com menos carboidratos. E, acredite, o Burger King lançou nos Estados Unidos um hambúrguer sem pão!

Mas cuidado para não confundir com a famosa dieta do Dr. Atkins, que pregava o consumo indiscriminado de qualquer tipo de proteína, inclusive de alimentos ricos em gordura saturada como o bacon. Esse tipo de alimentação aumenta o colesterol e faz mal ao coração.

O ideal é procurar um especialista, porque a dieta que deu certo para a sua vizinha pode não ser boa para você. Para formular uma dieta adequada com a quantidade certa de carboidrato, o nutricionista leva em conta a sua altura, idade, sexo e nível de atividade física.


Leia mais sobre: dieta low carb

    Leia tudo sobre: dieta
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.