Tamanho do texto

Quanto sai a conta? Como sei que vou gostar da comida? Posso pedir prato que não está no menu? Respondemos essas e outras dúvidas

Bife de chorizo com molho de queijo e risoto é o prato servido na Parrilla São Paulo
Elvis Fernandes/Divulgação
Bife de chorizo com molho de queijo e risoto é o prato servido na Parrilla São Paulo
Na próxima segunda-feira, 5, começa outra edição da São Paulo Restaurant Week . Para quem não se lembra, o evento, importado dos Estados Unidos, é uma boa oportunidade de conhecer restaurantes novos e ainda sobrar dinheiro para o cinema -- os almoços nas casas credenciadas, até o dia 18 de março, custam R$ 31,90 e os jantares saem por R$ 43,90.  “Quer dizer que vou ter a refeição dos sonhos com a grana que eu tenho?” Não garantimos. Mas dá para fazer um programa bem legal, gastando menos do que normalmente.

CONFIRA O ROTEIRO COMPLETO DO EVENTO AQUI

Quanto sai a conta?
Varia. O que mais encarece a conta são bebidas alcoólicas. Refrigerantes e sucos também não são baratos. Para não gastar muito, o negócio é enganar a sede e não repetir muito as doses. E reparar que em alguns lugares já adotaram a prática europeia e oferecem garrafas de água sem custo adicional. Couvert não é cortesia, cafezinho no final da refeição tampouco. E nunca é demais lembrar que alguns serviços de estacionamento custam mais de 20 reais.

Leia também: Pratos caríssimos e por que eles custam tanto

Profiteroles com calda de chocolate e sorvete é sobremesa servida no jantar do Dressing
Luís Simione/Divulgação
Profiteroles com calda de chocolate e sorvete é sobremesa servida no jantar do Dressing
Tenho uma hora de almoço. Dá tempo de almoçar rapidinho?
Nem sempre. As refeições na Restaurant Week costumam ser curtas. Como a refeição é (mais) barata e a ideia é muita gente conhecer a casa, eles ganham no volume e precisam girar bastante. Mas alguns restaurantes ficam bem cheios e geram espera na estrada. Assim, come-se rápido, mas, muitas vezes, depois de encarar uma boa fila.

Tem um horário mais fácil de conseguir lugar?
É mais garantido chegar cedo, pouco antes de a casa abrir. Depois, as filas costumam ser frequentes e você pode tomar um chá de cadeira de até mais de uma hora.

CURTA O IG COMIDA NO FACEBOOK   E SIGA NO TWITTER
Leia também: No restaurante, será que o cliente tem sempre razão?

Quero comer um prato que não está no cardápio da RW. Posso pedir mesmo assim?
Provavelmente, sim. Poucas são as casas que suspendem o cardápio original e servem só os pratos do evento. Mas terá que pagar o preço cheio. A promoção não se estende a outros itens do menu.

Vou aproveitar para ir com o grupo do trabalho, eles reservam?
A maioria reserva, sim. Mas o horário tem que ser respeitado, nada de chegar atrasado ou sua mesa poderá ser ocupada. E não adianta chorar depois.

Como eu sei que vou gostar da comida?
O site da Restaurant Week tem todos os cardápios, a maioria com fotos. A satisfação não é totalmente garantida, mas dá para escolher o que agrada mais seu paladar, antes de sair da casa.

Leia também: Como saber se o restaurante é bom (antes de comer)
E mais: No restaurante, como agir em situações constrangedoras

VEJA AQUI FOTOS DE PRATOS DESTA RESTAURANT WEEK

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.