Tamanho do texto

Duas receitas que valorizam o cardápio da Pessach, festa que começa semana que vem, mas que estão liberadas para todo mundo

Sanduíche de salmão e matzá é sugestão de Andrea Kaufmann para lanchinho no período de Pessach
Edu Cesar/Fotoarena
Sanduíche de salmão e matzá é sugestão de Andrea Kaufmann para lanchinho no período de Pessach
A rotina da Páscoa todo mundo conhece. Na Sexta-feira Santa não tem carne, sábado o menu é liberado e domingão, em geral, é dia de bacalhau. No mesmo período acontece o Pessach, comemoração conhecida como Páscoa Judaica. Apesar de a data não corresponder à celebração católica, o cardápio da festa -- este ano entre 18 e 26 de abril -- também tem restrições: alimentos sujeitos à fermentação são expressamente proibidos. As refeições principais têm saídas mais claras. Carnes, aves, peixes, frutas, verduras, laticínios são suficientes para montar pratos substanciosos. Mas como fazer para matar aquela fominha do meio da tarde ou de antes de dormir sem beliscar biscoitos, bolos e pães comuns?

Para responder à pergunta, ninguém melhor do que Andrea Kaufmann. A chef do novo (velho) AK Vila, que migrou do bairro de Higienópolis para a Vila Madalena com mudanças no cardápio e na decoração, faz comida judaica modernizada com delicadeza máxima. Especialmente para o iG Comida , ela prepararou duas opções gostosas para passar o período de celebração à libertação do povo judeu, que viveu dois séculos de escravidão no Egito: bocada de tâmara e sanduíche de matzá com salmão defumado e cebola roxa. Cristãos e ateus não só podem como devem provar essas delícias. "A bocada está no cardápio do restaurante. Sirvo a todos", diz a chef.

Choco Matzot: biscoito de matzá com chocolate sem leite da Chocolat du Jour
Divulgação
Choco Matzot: biscoito de matzá com chocolate sem leite da Chocolat du Jour
O matzá é uma bolacha não fermentada, de farinha de trigo e água, criada espontaneamente. Conta-se que, quando o faraó decretou a liberdade dos judeus, a corrida para deixar as terras egípcias, movida pelo medo de que a decisão fosse revogada, foi tão apressada que todos juntaram o que podiam e partiram. Como não houve tempo de preparar o pão, eles levaram a combinação dos dois ingredientes para a viagem. Claro que a mistura não virou uma massa fofinha, mas a bolacha achatada e cozida ao sol invariavelmente consumida durante o Pessach (em português, passagem). "É uma delícia, tem gente que o come o ano todo", afirma Andrea.

As receitas da chef você confere a seguir. Dá para oferecer como petiscos no jantar religioso ou fazer lanchinhos gostosos no meio do dia. Se a fome for de açúcar, as sugestões são o biscoito de matzá com chocolate sem leite (R$ 98, 80) e o prato Seder decorado com símbolos judaicos (R$ 398), ambos da Chocolat Du Jour. Feliz passagem para todos!

Sanduíche aberto de matzá, salmão defumado e cebola roxa
Receita de Andrea Kaufmann, do AK Vila, em São Paulo, SP
Rendimento: 1 porção

Ingredientes
1 fatia de pão matzá
1 colher (sopa) de cream cheese temperado com sal, azeite e dill a gosto
2 fatias de salmão defumado
¼ de cebola roxa fatiada

Montagem
Monte o sanduíche, a sua escolha, utilizando um pouco de cada ingrediente.

Bocadas de tâmara também servem para petiscos antes do jantar de Pessach
Edu Cesar/Foto Arena
Bocadas de tâmara também servem para petiscos antes do jantar de Pessach

Bocada de Tâmara
Receita de Andrea Kaufmann, do AK Vila, em São Paulo, SP
Rendimento: 4 porções

Ingredientes
4 tâmaras
50 g de ricota
50 g de queijo gorgonzola
5 ml de creme de leite fresco
2 ml de azeite de oliva
4 nozes
3 folhinhas de alecrim
10 ml de óleo de canola
50 g de açúcar mascavo
Pimenta síria, melaço de romã, pimenta-do-reino e sal marinho a gosto

Modo de preparo
Faça um pequeno corte na tâmara de forma que consiga recheá-la. Tire o caroço; reserve.
Creme de gorgonzola
Numa tigela à parte, misture a ricota, o gorgonzola, o creme de leite fresco, o azeite e o sal; reserve.
Nozes Caramelizadas
Em uma assadeira, coloque o óleo, o açúcar mascavo, o alecrim, as pimentas e as nozes, misture tudo e leve para assar por 15 minutos.

Montagem
Recheie as tâmaras com o creme de gorgonzola. Depois coloque uma noz caramelizada por cima. Finalize o prato decorando com melaço de romã.

Ak Vila
Rua Fradique Coutinho, 1240, Vila Madalena, São Paulo, SP, tel. (11) 3231-4496

Chocolat Du Jour
R. Haddock Lobo, 1672, Jardins, São Paulo, SP, tel. (11) 3062-3857; Mais três endereços


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.