Tamanho do texto

Reunidos no Peru, oito dos cozinheiros mais influentes do mundo divulgam documento falando de ética e sustentabilidade

Grupo de cozinheiros mais influentes do mundo, chamado de G9, na peruana Feira Mistura, em Lima
Divulgação
Grupo de cozinheiros mais influentes do mundo, chamado de G9, na peruana Feira Mistura, em Lima
Uma carta para inspirar as novas gerações de chefs. A Declaração de Lima, assinada por oito dos chefs mais influentes do mundo na feira de gastronomia Mistura, que ocorre até quarta na capital peruana, que pregar união entre produtores, natureza, cozinheiros e comensais, inaugurando uma nova era na culinária mundial, mais voltada a valores éticos e sustentáveis.

O documento, que discute práticas na gastronomia, foi elaborado por Ferran Adrià (Espanha), Gastón Acurio (Peru), Alex Atala (Brasil), René Redzepi (Dinamarca), Michel Bras (Franca), Mássimo Bottura (Itália), Dan Barber (Estados Unidos) e Yuko Hattori (Japão) -- faz parte desse grupo ainda o espanhol José María Aizega, diretor da escola Basque Culinary Center, e o inglês Heston Blumenthal (que faltou ao encontro por motivos familiares). De acordo com o grupo, é uma carta aberta e sujeita a revisões anuais, que levanta principalmente questões sociais.

Chefs em visita a mercado na Mistura
Divulgação
Chefs em visita a mercado na Mistura
“Precisamos ter uma vocação universal, compartilhar valores. Não importa se fazemos alta gastronomia ou comida de rua”, diz Acurio.

Curta o iG Comida no Facebook

Segundo o espanhol Adrià, a mudança de valores – que, a exemplo da Mistura, já se vê no Peru – está em curso, e deve se concretizar nos próximos dois anos.

“Cozinheiros podem ser agentes sociais e econômicos incríveis”, diz ele. “Cozinha não começa nem acaba no restaurante”, completa Acurio.

“Somos a imagem de toda criança que quer ser cozinheiro, hoje”, afirma Adrià, que, depois de revolucionar a gastronomia mundial transformando alimentos em sonhos (e esponjas, espumas, esferas), chama o futuro para a simplicidade e a volta às origens.

“O ego é o maior obstáculo para o desenvolvimento de um profissional.” Palavra de mestre.

*A jornalista viajou a convite da PromPerú, Taca e La Mar São Paulo

Leia também
Feira Mistura: começa o maior evento de gastronomia do mundo

Entrevista: chef Dan Barber fala do futuro da comida e da Mistura, no Peru

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.