Tamanho do texto

Médico que teve a ideia de misturar frutas, leite e cereais criou, assim, o prato mais popular da Suíça no verão

Bircher Müsli: em pouco mais de 100 anos, o prato ganhou novas versões e conquistou o público preocupado com a alimentação saudável
Rita Grimm
Bircher Müsli: em pouco mais de 100 anos, o prato ganhou novas versões e conquistou o público preocupado com a alimentação saudável
O Bircher Müsli é uma combinação de frutas, cereais e leite. Hoje, essa mistura é relativamente comum no café da manhã de muita gente, mas a essência é Suíça. Por lá, aliás, é o prato mais popular do verão. O nome é chatinho de falar: Bircher Müsli. Pronuncia-se biarrermuesli e quer dizer “Papinha de Bircher”, sendo Bircher o nome do médico que criou a receita.

Quando as temperaturas sobem, o integral e nutritivo Bircher Müsli ocupa o lugar de famosas estrelas do inverno, como fondue e raclette . Em pouco mais de 100 anos, o prato evoluiu, ganhou novas versões e conquistou o público preocupado com a alimentação saudável.

Clínica de Repouso Força Viva, na Suiça
Divulgação Historische Ansichtskarte
Clínica de Repouso Força Viva, na Suiça
No Cantão de Aargau, na Suíça, no final do século XIX, o médico suíço Maximilian Oskar Bircher-Benner, fundador da Clínica de Repouso Força Viva (Lebendige Kraft), preocupava-se em encontrar uma refeição saudável que recompusesse as energias de seus pacientes. Conhecedor dos hábitos alimentares dos camponeses de sua região, inspirou-se na longevidade do povo das montanhas que se alimentava basicamente de alimentos crus e integrais. No início do século XX, Bircher-Benner passou a aplicar nas dietas alimentares da clínica um tratamento à base de uma mistura crua, que ele acreditava fornecer a energia necessária para a cura de algumas doenças físicas e psíquicas.

Bircher-Benner é considerado pioneiro em pesquisa nutricional. Revolucionou os hábitos alimentares deixados pelo século XIX, substituindo carne e pão branco por frutas, vegetais e nozes. Sua dieta curativa era simples: aveia, maçã, nozes, suco de limão e leite condensado reunidos em um só prato. Bircher-Benner considerava indispensáveis a maçã, suas sementes e a casca. A aveia era secundária na mistura, um ingrediente rústico que servia de base, segundo o médico. O médico optou pelo adoçado leite condensado porque o leite naquele tempo não era pasteurizado e ele não queria pôr em risco a vida de seus pacientes.

A receita original é rica em proteínas, vitaminas e potássio. Acompanhe:

Nome original: Apfeldiätspeise (O Prato da Dieta de Maçã)

Ingredientes (porção individual)
1 colher de sopa rasa de flocos de aveia
3 colheres de sopa de água
1 colher de sopa de suco de limão
1 colher de sopa de leite condensado
1 colher de nozes ou amêndoas
2 maçãs (de preferência azedas)

Preparo
Mergulhe a aveia em flocos em três colheres de sopa de água. Deixe descansar por doze horas. Depois, acrescente o limão, as nozes e o leite condensado. Por último, imediatamente antes de servir para que não escureçam, rale as maçãs sobre a mistura.

A popularização do Bircher Müsli

Bircher-Benner foi ficando famoso com sua dieta, principalmente nos cantões de língua alemã. A reputação da clínica logo atravessou fronteiras e atraiu príncipes, industriais, músicos e escritores famosos, entre eles Thomas Mann, Hermann Hesse, Golda Meir, Helena Rubinstein e Yehudi Menuhin. A partir dos anos 1920, a receita começou a aparecer nos restaurantes vegetarianos da Suíça.

Devido ao seu baixo custo e alto valor nutritivo, passou a ser refeição em prisões, hospitais, asilos, conventos e quartéis. A partir da metade do século XX, passou a fazer parte da gastronomia suíça, sendo a especialidade consumida principalmente no verão.

A evolução da receita

Depois dos anos 40, com os avanços da indústria, foram desenvolvidas melhores técnicas de conservação de cereais e frutas secas, novas misturas surgiram no mercado, com adição de frutas, grãos e sementes, vitaminas e minerais, facilmente encontradas nos supermercados de todo o mundo. No Brasil as misturas prontas chegaram com nomes como musli, muesli ou granola e há variações de ingredientes entre cada marca.

Além da maçã: frutas da estação enriquecem e enfeitam o prato
Rita Grimm
Além da maçã: frutas da estação enriquecem e enfeitam o prato
Também os antigos flocos grossos de aveia passaram a ser mais finos e deixá-los tantas horas de molho virou coisa do passado. Hoje em dia basta alguns instantes e os flocos de aveia já estão digeríveis. À dieta restrita da maçã foram somadas frutas da estação que enriquecem e enfeitam o prato. Banana, pera, manga, uva, coco, ameixa, uva-passa, morango, framboesa, amora, kiwi etc.

O leite condensado da receita original pode ser substituído por leite, creme de leite fresco, iogurte ou queijo fresco. Além de nozes, a mistura pode conter avelã, macadamia, amêndoa, pinole, amendoim, semente de girassol, castanhas de caju ou do Pará.

A Receita de Bircher Müsli da Joanna Valavanis

Em Zurique, a jovem Joanna Valavanis, como a maioria dos conterrâneos, é fã de Bircher Müsli. Ela fala cinco idiomas, toca violino, desenha, é atriz, fez curso de culinária. Nasceu e estuda na Suíça - ainda não terminou o Ensino Médio. “Para fazer Bircher Müsli, basta ter criatividade”, diz. Conhecendo a base de aveia de Bircher-Benner (acrescida de cereais e frutas secas), as possibilidades são quase infinitas. “Todo suíço sabe fazer Bircher Müsli, cada pessoa tem sua combinação preferida”, diz.

Na receita abaixo, Joanna utilizou frutas comuns na Suíça e no Brasil (banana, maçã e uva) e também usou frutas vermelhas como framboesas e outras frutinhas menos fáceis de encontrar por aqui.

Bircher Müsli (quatro porções)

Ingredientes
200g de aveia integral e outras misturas de cereais
100g de iogurte
100g de leite
1 xícara de semente de girassol
mel a gosto
frutas: maçã ácida, banana, uva, framboesa, amora, mirtillo e Johannisberren
Gotas de limão
Opcional: chantilly

Preparo

Corte a banana em rodelas. Rale as maçãs e respingue as gotas de limão. Corte as uvas ao meio e retire as sementes. A essas frutas, adicione a composição de cereais e aveia, o leite, o iogurte e as sementes de girassol. Corrija com leite, se necessário, para que a mistura fique bem molhada. Coloque mel, misture bem. Coloque por cima as frutinhas vermelhas e, se desejar, sirva com chantilly.

Dicas para um Bircher Müsli prefeito:

- utilize sempre maçãs ácidas e pingue gotas de limão para que elas não escureçam.
- não use açúcar para adoçar, prefira o mel.
- deixe o müsli sempre bem líquido, facilita a digestão.
- para quem evita lactose, experimente usar suco de laranja no lugar do leite.
- use frutas da estação.
- sirva gelado.
- canela e noz moscada também conferem sabor

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.