Tamanho do texto

Saiba onde e como armazenar cada alimento para manter tudo fresquinho por mais tempo

Nada de chegar do mercado e enfiar tudo na geladeira. Aprenda a armazenar alimentos direitinho
Thinkstock Photos
Nada de chegar do mercado e enfiar tudo na geladeira. Aprenda a armazenar alimentos direitinho
Bagunça nos armários ainda dá para relevar. Mas na geladeira, nunca! E não é uma uma questão de organização, mas de saúde: se mal armazenados, os alimentos perecíveis perdem suas propriedades nutricionais, estragam mais rápido e podem causar problemas sérios como a intoxicação alimentar. Então, se seu refrigerador tem azeitonas embolorando e pizza guardada da semana passada, saia dessa fria e mãos à obra.

Leia também: saiba como fazer ovo com a gema mole sem correr riscos

Mantenha o gavetão inferior sempre limpo e seco para guardar legumes e hortaliças folhosas , como alface, agrião, rúcula e espinafre, por até quatro dias. E nada de chegar com a compra do supermercado e jogar tudo na geladeira. "Antes de guardar, retire as hortaliças da embalagem, livre-se das folhas murchas e machucadas e coloque tudo em sacos plásticos transparentes e secos", recomenda a nutricionista Madalena Vallinoti, da clínica Personal Diet, de São Paulo. Higienizar os alimenttos antes de guardar também é importante.

As frutas podem ficar nas prateleiras de baix o , fechadas em recipientes plásticos. E só devem ser refrigeradas se estiverem maduras, do contrário, deixe-as do lado de fora até amadurecerem. Nesse espaço também ficam as sobras de comidas , guardadas em potes herméticos, para o cheiro não passar para outros alimentos.

Leia também: aprenda a fazer pratos gostosos e rápidos no micro-ondas

Antes de guardar, deve-se lavar os alimentos
Getty Images
Antes de guardar, deve-se lavar os alimentos
Peixes, aves e carnes podem ser mantidos em suas embalagens originais, nas gavetas, no compartimento extrafrio ou nas prateleiras intermediárias , mas sempre em recipientes plásticos com tampa. “Esse cuidado evita a contaminação de outros alimentos, caso haja vazamento do suco das carnes”, explica a nutricionista. Se não forem consumidos em dois dias (no caso dos peixes, apenas um dia), leve as carnes ao freezer em sacos plásticos próprios para congelamento.

Veja aqui: Receitas de liquidificador

O caso dos ovos é diferente: eles devem ser guardados fora da caixa , que pode ser contaminada no depósito do mercado. O importante na hora de armazená-los é que eles se movimentem pouco para evitar microfissuras na casca imperceptíveis à vista humana. Mas, se estiverem bem encaixadinhos no recipiente da porta, podem ficar ali sem problemas.

Curta o iG Comida no Facebook e siga no Twitter


Na prateleira superior , que mantém melhor a temperatura por estar próxima ao freezer, arrume os laticínios , como queijos, requeijão, manteiga, leite, iogurtes, sobremesas , além de embutidos e patês . Todos devem ficar em embalagens fechadas, para não deixar odores na geladeira.

Leia mais: Aprenda a descongelar alimentos com segurança

Na porta , coloque água, refrigerantes, sucos de caixinha, ervas, especiarias, geleias, condimentos como mostarda e catchup, vidros de azeitonas e conservas . A limentos comprados congelados vão direto para o freezer . E, uma vez descongelados, não podem voltar para lá.

Carnes e peixes devem ser guardados limpos e separados em pequenas porções , etiquetados com data. Se precisar degelar, faça isso uma vez por mês. Por fim, mantenha o botão de temperatura da geladeira sempre a 4ºC e, pelo menos uma vez por semana, faça uma faxina geral nas gavetas e prateleiras para jogar fora tudo (mas tudo mesmo!) o que estiver estragando. Que tal começar hoje?

Continue lendo: 25 questões recorrentes na vida de todo cozinheiro doméstico

E ainda: Cuidados que fazem a diferença na cozinha

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.