Tamanho do texto

A receita chinesa crocante por fora e sortuda por dentro é uma das mais conhecidas do mundo

O quitute que fazia parte da estratégia chinesa de guerra virou símbolo da vitória
Thinkstock Photos
O quitute que fazia parte da estratégia chinesa de guerra virou símbolo da vitória
Quem nunca esboçou um sorriso ou ficou mais otimista depois de ler uma frase daquelas que vêm dentro de um biscoito da sorte? A receita crocante e adocicada também traz um pouco de história e cultura da China . “Sua origem é secular, vem da reconquista de terra pelos chineses, quando grande parte do País foi dominada pelo guerreiro mongol Genghis Khan, na tentativa de expandir seu império”, diz Andre Kussomoto, professor de gastronomia do SENAC.

Para disseminar suas táticas em todas as frentes de batalha, o povo chinês fez uso da culinária. “Os generais trocavam mensagens dentro de um bolo chamado meia lua, cujo sabor não agradava o povo mongol. Assim, tinham certeza de que os rivais não saberiam de suas estratégias”, conta Kussomoto.

Leia também:
Como fazer rolinho primavera

O bolo que virou biscoito
Depois que os chineses reconquistaram suas terras, a receita virou símbolo da vitória e passou a ser sinônimo de felicidade e fortuna. “No século XVIII, nos Estados Unidos, o bolo foi adaptado e virou biscoito”, diz o professor. Lá, ele é chamado de fortune cookie. Já no Brasil, a empresa que produz e distribui os biscoitos é a Hakuna Matata -- nome que significa “sem problemas”.

CURTA O IG COMIDA NO FACEBOOK E SIGA NO TWITTER

Biscoito da sorte promete fortuna e felicidade
Thinkstock Photos
Biscoito da sorte promete fortuna e felicidade
Com a tranquilidade que pregam, eles chegam a produzir 100 mil unidades do biscoito por dia -- distribuídos para mais de 30 de restaurantes. A maioria das frases que acompanham o quitute é retirada do oráculo chinês I Ching, o Livro das Mutações. Segundo a Hakuna Matata, os números estampados no verso do papel, que inclusive inspiram muitas apostas lotéricas, são aleatórios.

Entre os clientes da empresa, está a rede China in Box. Desde a inauguração, há 19 anos, a casa brinda os clientes com o famoso biscoito da sorte. São 800 mil unidades por mês, distribuídas em 150 lojas.

Leia também: Yakissoba: receita rápida com ingredientes que tem em casa

Além de carregar uma espécie de filosofia de vida, o doce dissemina características da culinária chinesa. “Ele mescla sabores e texturas. É crocante, adocicado, mas com notas levemente salgadas”, afirma o professor. O biscoito está no cardápio do restaurante de comida asiática Tantra , em São Paulo. A receita elaborada pelo chef Eric Thomas você confere a seguir. A sorte, agora, está em suas mãos.

Aprenda a fazer: biscoito da sorte

Clique aqui para conhecer melhor a culinária chinesa

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.