Tamanho do texto

Abusou do chocolate na Páscoa? Especialista dá dicas para retomar a rotina alimentar

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=comida%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237535067566&_c_=MiGComponente_C

Na época do ano mais propícia ao abuso de chocolate, na Páscoa é também comum o sentimento de consciência pesada, ao se refletir a quantidade excessiva de calorias ingeridas. Porém, de acordo com especialistas, não há segredo para "se recuperar" do consumo exagerado do delicioso doce com  cacau.

De acordo com o endocrinologista do Delboni Auriemo Medicina Diagnóstica, Dr. Frederico Marchisotti, A estratégia mais adequada é ingerir bastante líquido, de preferência água, alimentos saudáveis com moderação como frutas, legumes e verduras e, claro, eliminar os doces por determinado período.

Marchisotti também ressalta que, mesmo adotando as medidas pós-Páscoa, há vários malefícios no consumo exagerado de chocolate. São eles: o ganho de peso, desconfortos intestinais, desequilíbrio nutricional (pela troca de alimentos ricos em vitaminas e sais minerais pelo chocolate) e problemas cardiovasculares, pelo excesso de gorduras.

O ideal é que se coma até no máximo 30 gramas de chocolate por dia, apenas, afirma o endocrinologista. Além disso, o especialista revela alguns mitos em torno do chocolate. É importante acrescentar que os chocolates dietéticos não possuem menos calorias. Essa especificação do produto contém apenas menos açúcar, e, em determinadas fórmulas, pode disponibilizar ainda mais valores calóricos que a versão comum, acrescenta.

Abaixo, seis receitas de baixa caloria para começar bem a semana pós-Páscoa; confira
Salada refrescante com torrada de pão integral
Salada de batata e peito de peru
Salada colorida com molho oriental
Rolinho de frango e acelga
Filé de frango com ricota
Abobrinha recheada light


Leia mais sobre: receitas light

    Leia tudo sobre: dieta
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.