Tamanho do texto

Conhecer melhor os usos e aplicações dessa substância tão temida é importantíssimo para a boa alimentação

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=comida%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237535077508&_c_=MiGComponente_C

É uma situação clássica : o sujeito devora um belo prato de comida simples (arroz, feijão, carne e batatas, possivelmente), mas tem a sensação de ter ingerido um búfalo adulto inteiro.

O estômago pesa, o desconforto é grande para o fígado e para o intestino e parece que a única salvação é ficar sem comer nada por uma semana. Nessa hora terrível, muitos colocam a culpa na presumida presença de salitre na comida. Mas, afinal, o que é essa substância?

Para que serve o salitre

Também conhecido como nitrato de potássio (KNO3), o salitre é uma substância mineral normalmente extraída do solo ¿ hoje em dia, boa parte vem do deserto do Chile, onde foi descoberto ainda na época da Primeira Guerra Mundial.

Tóxico em seu estado natural, a substância (também chamada de salito em alguns lugares) é usada como componente da pólvora, em combustíveis de foguetes amadores, fogos de artifício, bombas de fumaça e até em fertilizantes.

Depois de ser purificado quimicamente, o salitre é utilizado pela indústria alimentícia principalmente na fabricação de embutidos (como salames e charque) com o objetivo de evitar a proliferação de bactérias causadoras do botulismo.

Perigos e recomendações

Segundo pesquisas internacionais, o consumo de grandes quantidades de salitre poderia causar câncer gástrico, distúrbios em mulheres grávidas e nos bebês, ter efeito nocivo à corrente sanguínea.

A Anvisa , porém, não faz qualquer consideração a respeito do salitre por restaurantes simplesmente porque considera o uso da substância proibido e/ou inexistente. A entidade apenas sugere que, em caso de desconfiança sobre algum estabelecimento, que ele seja denunciado junto ao órgão municipal de fiscalização sanitária.

A nutricionista Helena Mangabeira, de São Paulo, acredita que o salitre dificilmente seja deliberadamente usado em bares e restaurantes. "É muito mais provável que a 'sensação de estufamento' ao comer em certos restaurantes seja causada pela quantidade de comida e a rapidez com a qual ela é ingerida, e não a presença dessa substância", afirma a especialista.

Evitar o quanto for possível os embutidos , então, é que seria a melhor tática contra o salitre. E comer com mais parcimônia é sempre uma boa ideia.

Leia mais sobre: salitre

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.