Prato típico: Qumbe, o doce de coco que vem direto da culinária da Somália

Esta é mais uma pequena sobremesa deliciosa, de origem africana, e popular no Brasil para fazer em casa

Qmbe
Foto: Afropolitan
Qmbe








Você viu?



Assim como o pé-de-moleque, o quindim e a cocada, doces populares no Brasil, mas de origem africana, o qumbe (doce de coco) também é uma pequena sobremesa deliciosa de origem africana, mais especificamente da Somália. Tudo indica que ele começou a ser preparado no Brasil com a escravidão negra forçada entre os séculos 16 e 19. 

Qumbe, que se pronuncia "kumbe", significa dengo e encanto na língua quimbundo (língua falada no noroeste de Angola), mas na África, como um todo, é empregado como alimento sagrado do orixá Oxum.


Ao longo do tempo, alguns ingredientes foram se modificando de acordo com a disponibilidade dos ingredientes no Brasil e, normalmente, ele é feito em formato redondinho, assim como brigadeiros e beijinhos.

Ingredientes:

  • 2 xícaras (chá) de coco ralado seco e sem açúcar
  • 1/2 xícara (chá) de leite de coco
  • 1 e 1/2 xícaras de açúcar refinado
  • 1/2 xícara de leite
  • 1/4 xícara (chá) de farinha de trigo
  • Coco ralado para envolver os docinhos

Como fazer:

Primeiramente, hidrate o coco com o leite de coco e, após isso, reserve. Em uma panela coloque o açúcar e leve ao fogo até ficar com uma cor de caramelo. Adicione o coco hidratado, o leite e a farinha de trigo e cozinhe por mais uns 5 minutos. Deixe esfriar completamente. Pegue pequenas porções, faça bolinhas e passe no coco ralado.