Tamanho do texto

Mais do que aquecer alimentos, o eletrodoméstico pode ajudar na preparação, mas é preciso saber alguns detalhes antes para não se decepcionar. Veja, ainda, algumas receitas

Na cozinha do chef Alberto Landgraf, do premiado restaurante paulistano Epice, equipamentos modernos, como Paco Jet, Thermomix ou forno combinado não são mistério. Mas até bem pouco tempo não se podia dizer o mesmo do conhecido forno de micro-ondas.

"Só usava para aquecer a comida", conta ele que, estimulado pela Electrolux – que preparava o lançamento do modelo MF33S, que traz grill e mais espaço interno –, passou a estudar as mil e uma possibilidades do eletrodoméstico. "Dá para ir muito além do que fazia. O maior desafio é encontrar a equação ideal entre tempo e potência", diz.

O chef Alberto Landgraf durante aula de cozinha com micro-ondas
Juliana Bianchi
O chef Alberto Landgraf durante aula de cozinha com micro-ondas

Veja abaixo as dicas do chef para tira o máximo de proveito do seu micro-ondas.  

1- Pense em usar o micro-ondas como se estivesse cozinhando em uma panela, em fogão alheio. Comece sempre com potências baixas de calor e curtos períodos de tempo para avaliar o resultado durante o processo. Encontrar esse equilíbrio é o maior desafio.

2- O princípio básico do micro-ondas é desidratar o alimento. Tire proveito disso para preparos específicos como fazer chips de legumes.

3- Se esse não for seu objetivo, será sempre necessário acrescentar água.

4- Você também pode substituir a água por um caldo aromático, leite ou óleos.

5- O plástico filme é um dos melhores amigos do cozimento no micro-ondas. Com ele é possível vedar os potes onde estão os alimentos para que o líquido presente forme vapor e ajude no cozimento.

6- Por isso mesmo, receitas de braseados e ensopados sempre ficarão melhor no micro-ondas do que assados. Para resultados mais tostados e sequinhos, prefira o forno convencional.

7- Fique atenta aos recipientes. Use apenas refratários de vidro ou louça sem bordas e detalhes metálicos. Sacos e embalagens plásticas devem ser próprios para esse uso, assim como peças de vidro. Alumínio, isopor e acrílico também devem ficar longe.

8- Prefira usar alimentos em pedaços pequenos para que ele fique bem cozido por dentro sem ressecar por fora.

9- Evite trabalhar com grandes volumes. Prefira preparar apenas uma camada de alimento por vez.

10- Receitas com peixes e legumes tendem a ter melhor desempenho no micro-ondas do que massas e carnes, que podem perder textura.


Veja abaixo algumas receitas práticas para fazer no micro-ondas, incluindo o passo a passo do confit de atum com salada de palmito pupunha, vagem e picles de celoboa roxa criado pelo chef Alberto Landgraf.


- Quibe
- Estrogonofe de carne
- Risoto italiano
- Pão de fibras
- Tomate seco
- Cupcake
- Pudim de leite
- Brigadeiro
- Brownie de chocolate com nozes

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.